Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação neuropsicofarmacológica dos mecanismos Crf-érgicos na amídala, nas reações de defesa de camundongos pré-expostos à derrota social

Processo: 11/04561-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Nunes de Souza
Beneficiário:Ana Cláudia Cipriano
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Hormônio liberador de corticotrofina   Comportamento defensivo animal

Resumo

Situações de perigo eliciam nos animais respostas defensivas como comportamentos de luta e fuga, imobilidade, ativação autonômica e antinocicepção. Tais reações são expressas em decorrência da ativação do sistema encefálico de defesa (ex. hipotálamo, amídala e substância cinzenta periaquedutal). Neste sentido, situações aversivas com características etológicas, como o teste do labirinto em cruz elevado (LCE) e os confrontos inter-espécies (ex. presa-predador) e co-específicos (ex. derrota social), vêm sendo utilizados no estudo da neurobiologia de estados emocionais como medo e ansiedade. Estudos recentes indicam que o Fator (ou hormônio) de Liberação de Corticotropina (CRF ou CRH) pode estar envolvido na modulação das reações defensivas e que o estresse prolongado seria capaz de alterar o perfil do repertório defensivo. A ativação de receptores CRF na amídala tem sido apontada como uma das possíveis causas das alterações das reações de defesa desencadeadas pelo estresse prolongado, justificando a investigação dos seus mecanismos celulares. O presente estudo investigará os mecanismos mediados pelo CRF na amídala sobre o comportamento defensivo de camundongos expostos ao LCE e a interações agressivas co-específicas. Os mecanismos celulares subjacentes a influência do estresse prolongado, desencadeado por sucessivos testes de derrota social, sobre o comportamento defensivo no LCE serão também investigados em camundongos tratados com antagonistas de receptores CRF1 e CRF2. Para tal, serão investigados (I) os efeitos de microinjeções intra-amídala de CRF e de seus antagonistas (CRF1 e CRF2) no comportamento de camundongos expostos ao LCE (Experimento 1), (II) o efeito de microinjeções intra-amídala de antagonistas de CRF (CRF1 e CRF2) na ansiedade avaliada no LCE em camundongos expostos ao estresse de derrota social agudo e crônico (Experimento 2), (III) o padrão de ativação de neurônios CRF-érgicos da amídala através da dupla marcação por imunocitoquímica de pCREB e CRF (Experimento 3), (IV) a atividade de CREB e ERK na amídala de animais previamente expostos a estresse de derrota social agudo e crônico (Experimento 4) e (V) a influência do tratamento com antagonistas de CRF sobre a atividade de CREB e ERK na amídala de animais previamente expostos a estresse de derrota social agudo e crônico (Experimento 5). (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CRESTANI, ARIELA M.; CIPRIANO, ANA C.; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO L. Single aggressive and non-aggressive social interactions elicit distinct behavioral patterns to the context in mice. Behavioural Processes, v. 157, p. 601-609, DEC 2018. Citações Web of Science: 0.
SORREGOTTI, TATIANI; CIPRIANO, ANA CLAUDIA; CRUZ, FABIO CARDOSO; MASCARENHAS, DIEGO CARDOZO; RODGERS, ROBERT JOHN; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. Amygdaloid involvement in the defensive behavior of mice exposed to the open elevated plus-maze. Behavioural Brain Research, v. 338, p. 159-165, FEB 15 2018. Citações Web of Science: 5.
COSTA, N. S.; VICENTE, M. A.; CIPRIANO, A. C.; MIGUEL, T. T.; NUNES-DE-SOUZA, R. L. Functional lateralization of the medial prefrontal cortex in the modulation of anxiety in mice: Left or right?. Neuropharmacology, v. 108, p. 82-90, SEP 2016. Citações Web of Science: 5.
CIPRIANO, ANA CLAUDIA; GOMES, KARINA SANTOS; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ. CRF receptor type 1 (but not type 2) located within the amygdala plays a role in the modulation of anxiety in mice exposed to the elevated plus maze. Hormones and Behavior, v. 81, p. 59-67, MAY 2016. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.