Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da diversidade genética de queixadas (Tayassu pecari) e catetos (pecari tajacu), isolados em um fragmento florestal

Processo: 11/06281-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Cibele Biondo
Beneficiário:Mariana Sayuri Tanaka Gotardi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/03392-6 - Efeitos de um gradiente de defaunação na herbivoria, predação e dispersão de sementes: uma perspectiva na Mata Atlântica, AP.TEM
Assunto(s):Endogamia   Repetições de microssatélites   Fragmentação   Mata Atlântica

Resumo

A fragmentação de habitat pode ocasionar a redução e isolamento das populações de mamíferos. Até que ponto o uso da matriz pelas espécies reduz suas chances de extinção ainda é um tema pouco abordado. Neste trabalho, analisaremos a variabilidade genética de populações de dois tayassuídeos, os catetos (Pecari tajacu) e as queixadas (Tayassu pecari), isoladas em um fragmento de Mata Atlântica. Devido ao isolamento de mais de 70 anos, esperamos encontrar baixo grau de variabilidade genética, evidência de endogamia e gargalo populacional para ambas as espécies. Por conta de suas diferenças comportamentais e por ter sido registrado apenas um bando de queixadas e vários de catetos na área de estudo, espera-se que a variabilidade genética estimada para queixadas seja menor do que para catetos. Amostras de pêlos de 16 queixadas e 19 catetos terão seu DNA extraído e serão amplificados por PCR oito locos polimórficos de microssatélites desenvolvidos para queixada e que amplificaram em catetos. Os produtos amplificados serão genotipados em seqüenciador automático. A partir dos genótipos obtidos, serão calculados o número de alelos, as heterozigosidades, esperada e observada, e o coeficiente de endocruzamento FIS. Também serão realizados testes para o equilíbrio de Hardy-Weinberg e de ligação e para verificar se as populações passaram por gargalo populacional recente. Os resultados obtidos serão discutidos à luz dos aspectos ecológicos e comportamentais de cada espécie, bem como das ameaças que vêm sofrendo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.