Busca avançada
Ano de início
Entree

Fenologia, biologia reprodutiva e polinização de cambuci (Campomanesia phaea - Myrtaceae) e monitoramento da apifauna associada

Processo: 11/06811-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Isabel Alves dos Santos
Beneficiário:Guaraci Duran Cordeiro
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/26599-6 - Reconhecimento floral por abelhas noturnas: um estudo de caso com o cambuci (Campomanesia phaea - Myrtaceae), BE.EP.DR
Assunto(s):Abelhas   Entomologia

Resumo

Myrtaceae é uma das famílias dominantes na Floresta Atlântica, entretanto informações ecológicas, tais como padrões fenológicos, sistemas de polinização e de reprodução de seus representantes ainda são escassas. A maioria dos trabalhos enfoca poucos aspectos como biologia floral e a relação de visitantes observados, sendo raros aqueles que comprovam se os visitantes são realmente polinizadores efetivos. Entre as mirtáceas brasileiras há numerosas espécies frutíferas, algumas exploradas comercialmente, como por exemplo, a goiabeira, a jabuticabeira e a pitangueira. Essas espécies representam apenas uma pequena fração do grande potencial econômico da família, tendo em vista o grande número de frutos comestíveis não comerciais. Em Myrtaceae, os gêneros Eugenia, Campomanesia, Psidium e Myrciaria são predominantes, e agrupam a maior parte das espécies de interesse econômico. No gênero Campomanesia encontra-se o Cambuci (Campomanesia phaea), citada como uma fruta de grande potencial econômico para o Brasil. Ainda inexistem estudos sobre os padrões fenológicos, polinização e reprodução desta espécie. A redução destas lacunas é a justificativa deste projeto. Assim, com este projeto pretende-se contribuir para o conhecimento da fenologia e biologia reprodutiva do cambuci e de suas interações na Floresta Atlântica, criando subsídios para o aumento da produtividade de frutos nos cultivos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORDEIRO, G. D.; PINHEIRO, M.; DOETTERL, S.; ALVES-DOS-SANTOS, I. Pollination of Campomanesia phaea (Myrtaceae) by night-active bees: a new nocturnal pollination system mediated by floral scent. Plant Biology, v. 19, n. 2, p. 132-139, MAR 2017. Citações Web of Science: 12.
GIANNINI, T. C.; CORDEIRO, G. D.; FREITAS, B. M.; SARAIVA, A. M.; IMPERATRIZ-FONSECA, V. L. The Dependence of Crops for Pollinators and the Economic Value of Pollination in Brazil. Journal of Economic Entomology, v. 108, n. 3, p. 849-857, JUN 2015. Citações Web of Science: 30.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CORDEIRO, Guaraci Duran. Fenologia reprodutiva, polinização e voláteis florais do cambuci (Campomanesia phaea - Myrtaceae). 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.