Busca avançada
Ano de início
Entree

Exposição à hipóxia durante a incubação e sua influência na preferência térmica e na curva metabólica de pintos de corte nas primeiras semanas pós-eclosão

Processo: 11/07509-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Kênia Cardoso Bícego
Beneficiário:Paula Andrea Toro Velásquez
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/11565-6 - Efeitos da hipóxia durante a incubação sobre a quimiorrecepção a O2 e CO2 no pintinho recém-eclodido, BE.EP.DR
Assunto(s):Fisiologia   Embriogênese   Hormônios tireóideos   Proteínas de choque térmico

Resumo

No presente trabalho será investigada a influência da hipóxia em diferentes períodos da incubação sobre o desenvolvimento embrionário, sobre a expressão da proteína de choque térmico Hsp70 e as concentrações de T3 e T4 no final e após incubação e sobre a preferência térmica e a curva metabólica no início da vida pós-eclosão de frangos de corte. Para isso, serão realizados 2 experimentos. No primeiro experimento serão utilizados 210 ovos férteis da linhagem Cobb-500® distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos: normóxia (N; 21% O2), hipóxia inicial (HI; 15% O2 durante a primeira semana de incubação) e hipóxia tardia (HT; 15% O2 durante a última semana de incubação). No dia 19 de incubação (DE19) serão pesados o embrião e alguns órgãos (fígado, encéfalo e coração), os quais serão congelados para posterior análise da transcrição do gene e expressão da proteína de choque térmico Hsp70. Em DE19 também será medida a concentração plasmática de T3 e T4. Após a eclosão serão avaliados: preferência térmica dos animais na primeira semana; a curva metabólica (efeito da temperatura ambiente sobre a taxa metabólica) entre o 7º e o 10º dias; transcrição do gene e expressão da proteína Hsp70 (fígado, coração e encéfalo) e concentração plasmática de T3 e T4 no dia 07 pós-eclosão. A partir dos resultados do primeiro experimento, no segundo, serão utilizados 1200 ovos férteis da linhagem Cobb-500® distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos N e HI ou HT. Serão avaliados os seguintes parâmetros na eclosão: eclodobilidade, qualidade do pintinho, peso do neonato e janela de eclosão. Os dados serão submetidos à análise de variância pelo procedimento General Linear Model (GLM) do programa SAS® (SAS institute, 2002) e em caso de diferença estatisticamente significativa (p< 0,05), as médias serão comparadas pelo teste de Tukey. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DO AMARAL-SILVA, LARA; SCARPELLINI, CAROLINA DA S.; TORO-VELASQUEZ, PAULA ANDREA; FERNANDES, MARCIA H. M. R.; GARGAGLIONI, LUCIANE H.; BICEGO, KENIA C. Hypoxia during embryonic development increases energy metabolism in normoxic juvenile chicks. COMPARATIVE BIOCHEMISTRY AND PHYSIOLOGY A-MOLECULAR & INTEGRATIVE PHYSIOLOGY, v. 207, p. 93-99, MAY 2017. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VELÁSQUEZ, Paula Andrea Toro. Alterações metabólicas e morfométricas induzidas por hipóxia em Gallus gallus. 2014. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.