Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos efeitos do ambiente endócrino peri-ovulatório na expressão gênica e proteica do endométrio bovino no dia 7 pós-estro pela abordagem de genes candidatos: LTF, Fst, CTGF e TIMP-2

Processo: 11/07719-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Fernando Silveira Mesquita
Beneficiário:Stephanie Temme Galindo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Útero   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)   Progesterona

Resumo

A crescente demanda por alimentos torna necessário o constante incremento da eficiência reprodutiva na cadeia produtiva da carne bovina. Tal incremento pode ser alcançado através do melhor entendimento dos mecanismos moleculares, endócrinos e celulares que controlam os processos da fisiologia reprodutiva. Tais mecanismos podem elucidar aspectos relacionados, por exemplo, a perdas gestacionais, seja pela possibilidade de detectá-las precocemente, ou seja pela seleção de animais mais férteis. Já se sabe que maiores concentrações de progesterona (P4) medidas no dia 7 pós-inseminação artificial (IA) levaram a uma maior probabilidade de concepção medida no dia 28 pós-estro. Além disso, sabe-se que uma maior produção de P4 pós-estro está associada a uma maior produção de estradiol (E2) pelo folículo dominante pré-ovulatório no proestro. Portanto é possível perceber que existe uma influência do ambiente endócrino peri-ovulatório no desenvolvimento embrionário inicial. Os dois hormônios esteróides, estradiol (E2) e progesterona (P4) são responsáveis pela regulação da expressão de genes do endométrio, mas não se sabe quais desses genes estão associados com benefícios à gestação inicial em bovinos. O objetivo é verificar os efeitos do ambiente endócrino durante o período peri-ovulatório do ciclo estral na expressão gênica de quatro genes candidatos e a expressão de um dos produtos protéicos no endométrio bovino no dia 7 pós-estro. Espera-se verificar a influência da P4 nos genes LTF, FST, CTGF e TIMP2. A expressão gênica será analisada através da técnica de PCR quantitativo em tempo real. A quantificação do produto protéico do transcrito selecionado será realizada por western blotting. Para esse experimento ser possível os animais serão estimulados a ovularem folículos menores ou maiores, que resultarão em CLs e produção de E2 e P4 menores ou maiores, respectivamente, no período peri-ovulatório.