Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da dose dependência do laser de baixa potência, na regeneração do nervo ciático de ratos após lesão por esmagamento

Processo: 11/09069-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Claudio Henrique Barbieri
Beneficiário:Rodrigo Antonio Carvalho Andraus
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nervos periféricos

Resumo

Será testada a hipótese de que a irradiação com laser de baixa potência acelera a recuperação morfológica e funcional de nervos periféricos, proporcionalmente à dose aplicada, após lesão por esmagamento. Serão utilizados 72 ratos do espécime Wistar (peso médio de 220 g), submetidos a uma lesão por esmagamento do nervo ciático com uma pinça calibrada especial, e com uma carga estática pré-fixada de 5.000g, aplicada por 10 minutos. Os nervos esmagados serão submetidos à irradiação com laser de diodo (AsGaAL) de baixa potência (potência de 100 mW, comprimento de onda de 830 nm, modo contínuo). Os animais serão divididos em seis grupos, conforme o tipo de tratamento instituído, com doses crescentes do laser (35, 70, 140 e 280 J/cm2), sendo um grupo controle e outro grupo lesado sem tratamento. Será medido o Índice Funcional do Ciático, começando no período pré-operatório e semanalmente após a produção da lesão e tratamento com o laser. No 21º dia de pós-operatório os animais serão sacrificados com dose excessiva de anestésico para retirada dos músculos, nervos e gânglios, que serão preparados para os estudos biomecânicos e moleculares das análises da expressão de proteínas (zimografia, imunofluorescência e western blot). Para a análise biomecânica de tração, será utilizado o músculo gastrocnêmio e calculadas as respectivas propriedades mecânicas: força máxima e rigidez, enquanto para as análises das expressões de proteínas será utilizado o músculo tibial anterior para a zimografia, o nervo ciático e os gânglios da raiz dorsal para a imunofluorescência e western blot. Os dados obtidos serão submetidos à análise de regressão linear, com níveis de significância de 5% (p<0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARVALHO ANDRAUS, RODRIGO ANTONIO; MAIA, LUCIANA PRADO; DE SOUZA LINO, ANDERSON DIOGO; PARRON FERNANDES, KAREN BARRON; DE MATOS GOMES, MARCOS VINICIUS; DE JESUS GUIRRO, RINALDO ROBERTO; BARBIERI, CLAUDIO HENRIQUE. LLLT actives MMP-2 and increases muscle mechanical resistance after nerve sciatic rat regeneration. Lasers in Medical Science, v. 32, n. 4, p. 771-778, MAY 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.