Busca avançada
Ano de início
Entree

Tecnologia microfluídica para estudo dos mecanismos de adesão de bactérias fitopatogênicas

Processo: 11/09409-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Aline Maria da Silva
Beneficiário:Paulo Adriano Zaini
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Xylella fastidiosa   Fitopatógenos

Resumo

O fipatógeno Xylella fastidiosa (Xf), responsável por graves doenças em citros, videiras, cafeeiros e amendoeiras, entre outras plantas, apresenta, em sua superfície, diversas adesinas responsáveis pela colonização eficiente de insetos vetores e plantas hospedeiras. Trabalhos anteriores confirmaram a funcionalidade dessas proteínas, nos quais mutantes deficientes em adesinas tiveram sua capacidade de adesão reduzida. Recentemente, cepas com características fenotípicas distintas, incluindo diferenças quanto a capacidade de adesão célula a célula e ao substrato, tiveram sua sequência genômica determinada em nosso laboratório. Análises preliminares indicaram diferenças quanto à presença de adesinas, fato que motivou este projeto. Para melhor caracterizar a capacidade de adesão e motilidade dessas cepas, propomos o uso de microscopia acoplada a câmaras de microfluídica, permitindo a observação de células vivas sob condições de fluxo. Uma outra frente de investigação que iniciaremos é a caracterização bioquímica das proteínas de adesão de Xf, iniciando por MrkD. Através da produção de proteína recombinante pretendemos gerar material para iniciarmos estudos estruturais e funcionais, incluindo anticorpos policlonais que serão usados em ensaios de inibição da adesão celular em câmaras de microfluídica. Dependendo do sucesso desse objetivo outras proteínas de adesão também serão exploradas. Como um último objetivo, faremos tentativas de cultivar in vitro o patógeno Candidatus Liberibacter asiaticus, agente causador do Greening, doença devastadora nos pomares citrícolas paulistas. O avanço na compreensão deste patógeno tem sido dificultado pela incapacidade de manutenção de culturas em laboratório, um impedimento que será possivelmente eliminado pelas condições de fluxo contínuo, nas quais novos nutrientes são constantemente fornecidos e metabólitos tóxicos eliminados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Una plaga agrícola produce una sustancia antiadherente como estrategia de adaptación 
Praga agrícola produz substância antiaderente como estratégia de adaptação 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
IONESCU, MICHAEL; ZAINI, PAULO A.; BACCARI, CLELIA; TRAN, SOPHIA; DA SILVA, ALINE M.; LINDOW, STEVEN E. Xylella fastidiosa outer membrane vesicles modulate plant colonization by blocking attachment to surfaces. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 111, n. 37, p. E3910-E3918, SEP 16 2014. Citações Web of Science: 40.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.