Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade imunogênica de duas proteínas preditas de membrana de Leptospira interrogans expressas em Escherichia coli

Processo: 11/02137-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ana Lucia Tabet Oller Do Nascimento
Beneficiário:Natalie Michele de Souza
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Genômica   Imunogenicidade   Leptospirose   Antígenos de superfície   Proteínas recombinantes

Resumo

Leptospirose é uma zoonose altamente disseminada causada por espécies patogênicas do gênero Leptospira (Levett, 2001). Os roedores são os principais reservatórios da doença nos centros urbanos. Anualmente, são relatados em média 2.866 casos (GVE/MS, 2005), os quais ocorrem como surtos epidêmicos nas épocas de chuva. O desenvolvimento de uma vacina é crítico, uma vez que a contenção da proliferação de roedores é pouco viável. Buscando obter proteínas antigênicas e conservadas nos diversos sorovares de Leptospira interrogans, estudos atuais têm buscado caracterizar e identificar as proteínas de superfície capazes de induzir atividade imunogênica no hospedeiro. O estudo e caracterização de proteínas envolvidas na patogenicidade de L. interrogans, como as lipoproteínas (Haake, 2000; Barbosa et al., 2006; Vieira et al., 2007), deverão fornecer dados importantes para o conhecimento dos mecanismos de infecção desta bactéria e servir como base para o desenvolvimento futuro de uma vacina contra a leptospirose. O presente projeto propõe clonar e expressar duas proteínas de membrana externa codificadas pelos genes, LIC11121 e LIC11087. Estes genes serão clonados em vetor de expressão de E. coli, as proteínas recombinantes serão purificadas e inoculadas em camundongos para obtenção de soros imunes. Estes soros serão utilizados como sonda para avaliar o reconhecimento dos anticorpos por proteínas do extrato total de Leptospira spp. de diferentes sorovares para estudarmos sua conservação. As proteínas presentes em diferentes leptospiras patogênicas serão avaliadas quanto à reatividade com anticorpos em soros de pacientes diagnosticados com a doença. (AU)