Busca avançada
Ano de início
Entree

História natural, comportamento e ecologia de Camponotus rufipes e Camponotus renggeri (Formicidae: Formicinae): um estudo comparativo

Processo: 11/04667-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Paulo Sergio Moreira Carvalho de Oliveira
Beneficiário:Mariane Ueda Vaz Ronque
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Comportamento animal   Hymenoptera   Formigas   Cerrado

Resumo

Formigas representam de 10 a 15% da biomassa animal em ambientes terrestres. O Cerrado brasileiro apresenta uma grande diversidade de formigas quando comparado com outras savanas do resto do mundo. As formigas Camponotus rufipes e Camponotus renggeri pertencem ao mesmo subgênero Myrmothryx e estão entre as formigas mais abundantes do cerrado. Ambas as espécies desempenham papéis importantes nas teias alimentares desse ambiente, pois interagem com diversas espécies de plantas e artrópodos. Existe, entretanto, incerteza sobre os limites taxonômicos entre estas duas espécies, visto que as duas são bastante semelhantes morfologicamente. Este trabalho objetiva estudar a história natural de C. rufipes e C. renggeri, incluindo aspectos ecológicos e comportamentais, tais como a caracterização dos ninhos, padrão de atividade, dieta e padrão de forrageamento. O estudo será realizado em área de cerrado sensu stricto na Estação Ecológica de Itirapina (estado de São Paulo). Serão marcados os ninhos de C. rufipes e C. renggeri através de procura ativa e utilização de iscas de sardinha e mel. Os ninhos de ambas as espécies serão caracterizados de acordo com a estrutura e localização, e o padrão de atividade das colônias será determinado através de amostragens realizadas ao longo de 24 horas. A área de forrageamento das formigas será estimada através do acompanhamento de operárias marcadas em colônias selecionadas. A dieta das duas espécies será investigada nos horários de pico de atividade e os itens alimentares utilizados pelas formigas serão coletados e identificados. Serão realizados etogramas quantitativos de colônias em cativeiro visando uma comparação comportamental. Através de dados ecológicos e comportamentais, espera-se contribuir para uma melhor comprensão do status taxonômico de C. rufipes e C. renggeri. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RONQUE, MARIANE U. V.; FOURCASSIE, VINCENT; OLIVEIRA, PAULO S. Ecology and field biology of two dominant Camponotus ants (Hymenoptera: Formicidae) in the Brazilian savannah. Journal of Natural History, v. 52, n. 3-4, p. 237-252, 2018. Citações Web of Science: 0.
RONQUE, MARIANE U. V.; AZEVEDO-SILVA, MARIANNE; MORI, GUSTAVO M.; SOUZA, ANETE P.; OLIVEIRA, PAULO S. Three ways to distinguish species: using behavioural, ecological, and molecular data to tell apart two closely related ants, Camponotus renggeri and Camponotus rufipes (Hymenoptera: Formicidae). Zoological Journal of the Linnean Society, v. 176, n. 1, p. 170-181, JAN 2016. Citações Web of Science: 12.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RONQUE, Mariane Ueda Vaz. História natural, comportamento e ecologia de Camponotus rufipes e Camponotus renggeri (Formicidae: Formicinae) : um estudo comparativo em vegetação do Cerrado. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.