Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel fisiopatológico da enzima conversora de angiotensina 2 (ECA 2) em rins e coração de um modelo animal de sepse

Processo: 11/04940-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Dulce Elena Casarini
Beneficiário:Rodolfo Mattar Rosa
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/13710-3 - Projeto de estágio no exterior para aprendizado e transferência da técnica de cultura primária de cardiomiócitos e fibroblastos cardíacos, BE.EP.MS
Assunto(s):Metaloproteases   Peptidil dipeptidase A   Sepse   Sistema renina-angiotensina

Resumo

A sepse representa uma síndrome clínica complexa que resulta de uma intensa e descontrolada resposta inflamatória sistêmica do hospedeiro em decorrência de uma infecção, geralmente por bactérias Gram-negativas. A principal causa de morte em pacientes com sepse é a falência de múltiplos órgãos sendo que o rim é um dos órgãos mais afetados devido à alterações hemodinâmicas que provocam a insuficiência renal aguda (IRA). Considerando que foi verificado em trabalhos anteriores de nosso grupo, utilizando células mesangiais humanas e LPS, que ocorre modulação da renina com possível inibição da mesma e da enzima conversora de angiotensina (ECA), buscaremos nesse projeto verificar qual seria o papel da ECA2, um homólogo da ECA recentemente descrito, no quadro de sepse induzida por LPS, mimetizando o que ocorre em humanos. Neste estudo mapearemos ratos Wistar controle e tratados com LPS procurando evidenciar a modulação da ECA2 nos tecidos, a saber rim e coração. Estudaremos a relação entre expressão e atividade enzimática e níveis de Angiotensina 1 7, peptídeo liberado por sua ação sobre a Angiotensina II. Finalmente, avaliaremos se a modulação das enzimas do sistema renina angiotensina estaria relacionada ao desenvolvimento e/ou recuperação da IRA decorrente da sepse. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSA, RODOLFO MATTAR; COLUCCI, JULIANA ALMADA; YOKOTA, RODRIGO; MOREIRA, ROSELI PERES; ARAGAO, DANIELLE SANCHES; RIBEIRO, AMANDA APARECIDA; ARITA, DANIELLE YURI; MIZUNO WATANABE, INGRID KAZUE; PALOMINO, ZAIRA; CUNHA, TATIANA SOUSA; CASARINI, DULCE ELENA. Alternative pathways for angiotensin II production as an important determinant of kidney damage in endotoxemia. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-RENAL PHYSIOLOGY, v. 311, n. 3, p. F496-F504, SEP 1 2016. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.