Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecotoxicidade comparativa de pesticidas usados em plantações de cana-de-açúcar sobre larvas de anfíbios

Processo: 11/05280-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Luis Cesar Schiesari
Beneficiário:Mariana Fekete Moutinho
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ecotoxicologia   Agrotóxicos   Cana-de-açúcar

Resumo

A crescente demanda por energia, a escassez do petróleo e a incorporação da agenda ambiental na economia e política trouxeram como consequência o avanço da agricultura de biocombustíveis no mundo todo. Das várias culturas de biocombustíveis, a cana-de-açúcar desponta como a de maior eficiência energética na produção do etanol. Neste cenário encontra-se o Brasil que é historicamente grande produtor da cana-de-açúcar e desde a década de 1970 usa o etanol como combustível de parte considerável de sua frota. Por isso figura como forte candidato a assumir uma liderança global na produção de biocombustíveis em geral e de etanol em particular. Ocorre que o modelo monocultural de produção de cana-de-açúcar está associado ao emprego de fertilizantes e pesticidas para o manejo do solo e controle de pragas, sendo que muitos destes compostos são tóxicos à saúde humana, à integridade ambiental e à biodiversidade. Dentre a biodiversidade, uma série de características morfológicas, fisiológicas e de história de vida parece tornar os anfíbios particularmente vulneráveis à contaminação ambiental e, talvez por isso constituam hoje a mais ameaçada classe de vertebrados do planeta. No entanto, poucos são os estudos que investigam efeitos de poluentes sobre anfíbios, particularmente os brasileiros. Este projeto tem por objetivo determinar experimentalmente a toxicidade relativa de alguns dos principais pesticidas aplicados na cultura de cana-de-açúcar para espécies de larvas de anfíbios (os herbicidas glifosato e atrazina, os inseticidas endossulfam e carbofurano, e o fungicida triadimefom); a variação interespecífica na sensibilidade de larvas de anfíbios de cinco espécies aos pesticidas selecionados; e discutir a viabilidade de se usar larvas de anfíbios como bioindicadores de contaminação ambiental em paisagens canavieiras. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DAAM, MICHIEL A.; MOUTINHO, MARIANA F.; ESPINDOLA, EVALDO L. G.; SCHIESARI, LUIS. Lethal toxicity of the herbicides acetochlor, ametryn, glyphosate and metribuzin to tropical frog larvae. ECOTOXICOLOGY, v. 28, n. 6, p. 707-715, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MOUTINHO, Mariana Fekete. Ecotoxicidade comparativa dos herbicidas da cana-de-acúcar para larvas de anfíbios. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.