Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da aprendizagem espacial sobre os padrões temporais de expressão das proteínas Bmal1, clock, PER1 e CREB no hipocampo de ratos idosos

Processo: 11/08035-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Gilberto Fernando Xavier
Beneficiário:Aline Vilar Machado Nils
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Neurociências   Aprendizagem espacial   Hipocampo   Ritmo circadiano

Resumo

Durante o processo de envelhecimento saudável ocorre um declínio gradual dos processos cognitivos, que pode se agravar em condições patológicas, entre eles disfunções dos ritmos biológicos. Ocorrem influências mútuas entre o sistema de temporização circadiana e os processos de memória. Oscilações diárias da via AMPc / MAPK / CREB e do receptor NMDA no hipocampo parecem necessárias para o aprendizado e a consolidação da memória. Porém, em animais idosos ocorrem alterações profundas na oscilação circadiana de proteínas presentes no hipocampo, que podem estar envolvidas nesses processos. As proteínas Per1, CREB, BMAL1 e CLOCK estão envolvidas em mecanismos de regulação dos ritmos biológicos e em processos de consolidação da memória. Além disso, BMAL1 está envolvida na regulação dos processos de envelhecimento, regulando a homeostase de agentes oxidantes no sistema nervoso central. O presente trabalho tem o intuito de avaliar a influência da aprendizagem espacial sobre os padrões temporais circadianos das proteínas PER1, CREB, BMAL1 e CLOCK no hipocampo de ratos idosos e se as possíveis alterações nesses padrões temporais podem interferir na aprendizagem de uma tarefa em campo aberto. Para tal, será caracterizado o padrão temporal das proteínas no hipocampo através de imunomarcações para as proteínas, comparando-se animais jovens e idosos (Experimento1). Será realizado treinamento envolvendo memória espacial no labirinto aquático de Morris e posterior verificação de alterações sobre os padrões temporais das proteínas (Experimento 2). Por fim, será testado se os treinamentos na tarefa de memória espacial e as possíveis alterações que ocorrem no padrão temporal das proteínas têm efeitos sobre a aprendizagem na tarefa de habituação em campo aberto, comparando-se animais jovens e idosos treinados na tarefa de memória espacial e seus respectivos controle treinados numa tarefa não espacial no labirinto aquático (Experimento 3). Os dados das imunomarcações serão analisados através do método cosinor e os dados comportamentais através de ANOVA de múltiplas comparações.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NILS, Aline Vilar Machado. Treinamento em memória operacional espacial em ratos idosos: efeitos na ansiedade, habituação e densidade de células no hipocampo. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.