Busca avançada
Ano de início
Entree

A circulação através da navegação de cabotagem no Brasil: dimensionamento de um sistema de fluxos e fixos voltados para a fluidez territorial

Processo: 10/14123-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:María Mónica Arroyo
Beneficiário:Rafael Oliveira Fonseca
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/16069-0 - O mapa da indústria no início do século XXI: diferentes paradigmas para a leitura territorial da dinâmica econômica no estado de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Geografia econômica   Logística   Cabotagem

Resumo

As mudanças ocorridas no Brasil a partir da década de 1990 vêm provocando alterações decisivas no uso, regulação e organização do território nacional, com demandas cada vez maiores por circulação material e consequente fluidez territorial. Concomitantemente, são recorrentes atuações públicas e privadas que buscam maximizar a porosidade territorial, através da regulamentação e do fomento de iniciativas que visam alavancar o aumento dos fluxos de mercadorias. A gestão desses fluxos é realizada por operações logísticas de transporte, que influenciam na competitividade territorial devido a recorrente especialização e hierarquização dos lugares do período atual, contribuindo para a fragmentação do território brasileiro. Há anos observam-se inúmeras iniciativas visando à ampliação das modalidades de transporte no Brasil (tema recorrente nas esferas públicas e privadas), que buscam a ampliação da multimodalidade do sistema de fluxos materiais por décadas baseado fundamentalmente no transporte terrestre rodoviário. Assim, a navegação de cabotagem - um subsistema do modal aquaviário - se insere na complexa dinâmica da circulação, tornando-se elemento constitutivo dessa realidade espacial emergente. Nesse contexto este projeto busca compreender a atual situação da navegação de cabotagem de carga no Brasil, entendida como uma manifestação das dinâmicas de circulação dos fluxos materiais. Essa temática nos permitirá aprofundar os conhecimentos sobre as relações entre uso, regulação e organização do território, ressaltando o papel dessa modalidade de transporte e sua relação com o poder público e as empresas privadas no Brasil contemporâneo. Em particular, nos interessa determinar quais são e onde atuam as empresas que possuem autorização para operação deste tipo de navegação no Brasil, sobretudo aquelas que possuem linhas regulares, bem como analisar o papel do poder público, no contexto da regulamentação, fiscalização e incentivo. Por fim, e com o intuito de completar a análise geográfica, buscaremos analisar os fluxos materiais via cabotagem e sua relação com os sistemas de engenharia associados (portos públicos e privados); e, consequentemente, verificar quais seriam os principais pontos do território que servem esse modal, visando ampliar a compreensão das interações espaciais decorrentes da hierarquia e especialização dos lugares. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
A circulação através da navegação de cabotagem no Brasil: um sistema de fluxos e fixos aquaviários voltados para a fluidez territorial. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.