Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito sorriso em modelos de volatilidade estocástica

Processo: 11/05313-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Probabilidade e Estatística - Probabilidade
Pesquisador responsável:Cristian Favio Coletti
Beneficiário:Rafael Aguilera Mazzei
Instituição-sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Equações diferenciais estocásticas

Resumo

O modelo de Black-Scholes para o apreçamento de opções assumo que a volatilidade futura ou risco é modelada por um valor constante. Com o fim de obter um modelo mais realista muitos autores propuseram modelos em que a volatilidade possa ser modelada por um processo estocástico. Neste projeto estudaremos um modelo de apreçamento de opções que permite que a volatilidade seja estocástica. A volatilidade que corresponde ao mercado actual para os preços das opções é chamada volatilidade implícita. Esta volatilidade depende do preço de exercício e do tempo de vencimento e como função do preço de exercício forma uma curva chamada sorriso de volatilidade. A constatação deste efeito no mercado de opções brasileiro tem recibido pouca atenção. O objetivo deste projeto é utilizar um modelo de volatilidade estocástica com o fim de obter o efeito sorriso gerado por opções de compra do índice IBOVESPA, assim como analisar e estimar os parâmetros de interesse do modelo. Para isto, e durante o programa de mestrado do candidato, estudaremos inicialmente o modelo de Black-Scholes (volatilidade constante) tendo em vista um modelo mais geral que permita que a volatilidade seja modelado por um processo estocástico. (AU)