Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação dos clock genes no processo de secreção de insulina na linhagem celular BRIN-BD11

Processo: 11/08172-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Angelo Rafael Carpinelli
Beneficiário:Daniel Simões de Jesus
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/51893-0 - Papel da NAD(P)H oxidase nos mecanismos moleculares da fisiologia das células beta pancreáticas, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):12/15766-6 - Possível regulação da funcionalidade das células beta pancreáticas pelo Rev-erb alfa e relógio cicardiano, BE.EP.DR
Assunto(s):Fisiologia endócrina   Secreção de insulina   Insulina   Proteínas CLOCK

Resumo

As ilhotas pancreáticas são formadas por diferentes tipos de células, incluindo as células ² pancreáticas, as quais secretam insulina e têm sua função modulada pela concentração de nutrientes presentes na circulação. As células BRIN-BD11, uma linhagem de célula ² pancreática que tem a capacidade de responder a nutrientes de forma similar às células ² pancreáticas, são consideradas como um excelente modelo para estudo da fisiologia da secreção de insulina. Essa linhagem de célula ² foi desenvolvida por eletrofusão de célula RINm5F com célula de ilhota de rato em experimentos desenvolvidos no hospital New England Deaconess, em Coleraine, UK. Os genes do relógio, também chamados de clock genes, além de se auto-regularem, regulam a expressão de outros genes, os chamados genes controlados pelo relógio (ccg) como, por exemplo, o Dbp (D-boxbinding protein). Diversos tecidos periféricos como fígado, rins, coração e ilhotas pancreáticas sofrem ação dos genes do relógio, os quais podem regular diversas funções, regulando, por exemplo, a homeostase da glicose. Recentemente, foi demonstrado que a ausência do gene do relógio (Bmal1) nas ilhotas pancreáticas induz a redução da secreção de insulina, com consequente hiperglicemia, indicando uma participação dos genes do relógio na funcionalidade das células ² pancreáticas. Nosso estudo tem como objetivo analisar a participação dos genes do relógio no processo de secreção de insulina estimulada pela glicose nas células BRIN-BD11 utilizando RNA de interferência para Bmal1, verificando todos os mecanismos que influenciam na liberação do hormônio. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JESUS, Daniel Simões de. A desregulação dos genes relógio modifica o estado redox das células β pancreáticas e modula a secreção de insulina estimulada pela glicose via NADPH oxidase.. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.