Busca avançada
Ano de início
Entree

Tomemos la historia en nuestras manos: a construção da tradição revolucionária e a reivindicação do folclore nas canções de Victor Jara, Inti-Illimani E Quilapayún (1966-1973)

Processo: 11/03839-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:Tania da Costa Garcia
Beneficiário:Natália Ayo Schmiedecke
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Assunto(s):História da música   Tradição   Folclore

Resumo

Através da música, os artistas ligados ao movimento da Nova Canção Chilena (NCCh) erigiram representações de episódios e personagens históricos de modo a inserir seu repertório em determinada tradição, reinventando-a. Ligados, em sua maioria, ao Partido Comunista do Chile, esses artistas tiveram papel fundamental na campanha eleitoral de 1970 e, posteriormente, nos três anos de governo da Unidade Popular (UP), sob presidência de Salvador Allende. Em contraposição ao que consideravam uma visão estática do "folclore", defendiam seu caráter dinâmico, que permitiria sua transformação e utilização nas lutas do presente. Encarando a música popular como discurso, a pesquisa buscará identificar quais episódios históricos aparecem representados na obra musical do cantor, compositor e diretor de teatro Victor Jara e dos conjuntos Quilapayún e Inti-Illimani no período que vai de 1966 a 1973, abarcando sua produção desde as primeiras gravações até o golpe militar. A partir dessa identificação, buscar-se-á, por um lado, compreender como tais referências foram ressignificadas para servir aos ideais defendidos pela NCCh e pela UP e, por outro, como se inserem no repertório geral dos artistas em questão. Desse modo, a pesquisa enfocará a apropriação simbólica de referenciais históricos no contexto político-cultural dos anos 1960 e 1970 e sua relação com os usos do "folclore" promovidos pelo movimento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SCHMIEDECKE, Natália Ayo. Tomemos la historia en nuestras manos : utopia revolucionária e música popular no Chile (1966-1973). 2013. 297 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.