Busca avançada
Ano de início
Entree

População de macrófagos em músculos esqueléticos de camundongos mdx tratados com ácido eicosapentanóico

Processo: 10/13412-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Maria Julia Marques
Beneficiário:Samara Camaçarí de Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Distrofia muscular   Inflamação   Macrófagos   Ácido eicosapentaenoico

Resumo

A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é uma miopatia progressiva que acomete crianças do sexo masculino e que se caracteriza pela ausência da distrofina e necrose muscular progressiva. A resposta inflamatória é exacerbada e parece contribuir para a progressão da doença. Anti-inflamatórios esteróides são utilizados para a terapia farmacológica da DMD. Contudo, são observados efeitos colaterais decorrentes do uso contínuo dos mesmos, levando a necessidade do desenvolvimento de novas terapias farmacológicas para esta doença. No músculo distrófico de camundongos mdx, populações distintas de macrófagos (M1 e M2) influenciam, respectivamente, a degeneração e regeneração muscular, regulando a progressão da doença. Estudos recentes em nosso laboratório mostraram que o ácido eicosapentanóico (EPA) diminui a necrose de músculos distróficos, bem como os níveis de TNF-alfa, citocina pró-inflamatória relacionada a degeneração muscular. No presente estudo, iremos investigar os efeitos do EPA sobre a população de macrófagos M1 e M2, em diferentes músculos de camundongos distróficos da linhagem mdx. Pretendemos aprofundar os conhecimentos sobre os mecanismos de ação do EPA no músculo distrófico, possibilitando assim o desenvolvimento de novas terapias para a DMD. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
APOLINARIO, LETICIA MONTANHOLI; DE CARVALHO, SAMARA CAMACARI; NETO, HUMBERTO SANTO; MARQUES, MARIA JULIA. Long-Term Therapy With Omega-3 Ameliorates Myonecrosis and Benefits Skeletal Muscle Regeneration in Mdx Mice. Anatomical Record-Advances in Integrative Anatomy and Evolutionary Biology, v. 298, n. 9, p. 1589-1596, SEP 2015. Citações Web of Science: 11.
DE CARVALHO, SAMARA CAMACARI; APOLINARIO, LETICIA MONTANHOLI; MICHELIN MATHEUS, SELMA MARIA; SANTO NETO, HUMBERTO; MARQUES, MARIA JULIA. EPA protects against muscle damage in the mdx mouse model of Duchenne muscular dystrophy by promoting a shift from the M1 to M2 macrophage phenotype. Journal of Neuroimmunology, v. 264, n. 1-2, p. 41-47, NOV 15 2013. Citações Web of Science: 20.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARVALHO, Samara Camaçarí de. Populações de macrófagos em músculos esqueléticos de camundongos mdx tratados com ácido eicosapentaenóico. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.