Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da dieta hiperlipídica na expressão e ativação da IKK epsilon em hipotálamo: correlação com ingestão alimentar e sensibilidade à insulina

Processo: 11/02289-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Patrícia de Oliveira Prada
Beneficiário:Laís Weissmann
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Ingestão de alimentos   Insulina   Leptina   Metabolismo energético

Resumo

Nas últimas décadas, estudos têm demonstrado que a obesidade produz um estado de inflamação crônica subclínica, caracterizado por níveis circulantes elevados de citocinas pró-inflamatórias e infiltração de macrófagos no tecido adiposo. Muitas destas citocinas que são liberadas bloqueiam a ação da insulina em vários tecidos através da ativação de mecanismos moleculares, incluindo a ativação da via inflamatória IKK/IkB/NFkB. Neste contexto, IKK² foi descrita como um importante alvo para terapia anti-inflamatória na obesidade associada ao diabetes tipo 2 em tecidos periféricos e também no hipotálamo. Mais recentemente, foi descrito que a IKKe tem efeitos similares à foi IKK² em tecidos periféricos. No entanto, os efeitos da IKKe no hipotálamo ainda não foram investigados. Portanto, os objetivos deste estudo são: 1) investigar se a dieta hiperlipídica altera os níveis de IKKµ em hipotálamo inteiro e em núcleos do hipotálamo (arqueado, ventromedial, dorsomedial, paraventricular e hipotálamo lateral) de ratos Wistar através de imuno-histoquímica e immunoblotting; 2) investigar se a inibição da expressão de IKKµ com oligonucleotídeo antisense (ASO) especificamente no hipotálamo, através de injeções intracerebroventriculares (ICV), modula a ingestão alimentar e o gasto energético (medido pelo consumo de oxigênio) de animais obesos e seus controles; 3) investigar se a inibição da expressão de IKKµ com ASO altera a sensibilidade hipotalâmica à insulina e leptina (injetadas ICV) em animais controles e obesos e 4) investigar se a inibição da expressão de IKKµ com ASO modula a expressão de neuropeptídeos hipotalâmicos ligados a modulação do balanço energético NPY (neuropeptide Y), AgRP (agouti-related-protein), POMC (proopimelanocortin), TRH (thyrotropin-releasing hormone) e CRF (corticotropin-releasing factor) através de QPCR. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
WEISSMANN, Laís. A serina quinase IKK epsilon (IKKe) é importante para a ação e sinalização da insulina e leptina no hipotálamo de camundongos obesos. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.