Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do pré-tratamento da dentina com tetrafluoreto de titânio e sistemas adesivos autocondicionantes quanto ao potencial antimicrobiano e anticariogênico na interface dente/restauração e influência na resistência de união

Processo: 11/02812-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Roberta Tarkany Basting Höfling
Beneficiário:Enrico Coser Bridi
Instituição-sede: Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic. Faculdade São Leopoldo Mandic (SLMANDIC). Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda (SRES). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Resistência de união (odontologia)   Tetrafluoreto de titânio   Microdureza   Adesivos dentinários

Resumo

O tetrafluoreto de titânio como pré-tratamento da dentina pode ser utilizado previamente à aplicação de sistemas adesivos autocondicionantes, obtendo-se uma camada híbrida que possa contribuir na remineralização da dentina afetada pela cárie, além de fornecer efeito antibacteriano devido ao baixo pH dos seus componentes. O objetivo deste estudo será avaliar o efeito do pré-tratamento dentinário com o tetrafluoreto de titânio seguido da aplicação de sistemas adesivos autocondicionantes de dois passos e de passo único quanto ao potencial antimicrobiano e anticariogênico, além de verificar sua influência na resistência de união. Serão realizadas três metodologias diferentes para a realização deste estudo. Para a avaliação do potencial antimicrobiano do tetrafluoreto de titânio e sistemas adesivos autocondicionantes na dentina, serão preparadas 160 cavidades cilíndricas em 40 terceiros molares que receberão o pré-tratamento de dentina com tetrafluoreto de titânio e de sistemas adesivos autocondicionantes. Os dentes serão divididos entre 2 grupos de 20 dentes cada para a contaminação com as cepas de Streptococcus mutans ou Lactobacillus casei. Dentre os 20 dentes, 10 serão usados para o tratamento com o sistema adesivo autocondicionante de dois passos e outros 10 serão usados para a aplicação do sistema adesivo autocondicionante de passo único. Após 72 horas, as unidades formadoras de colônia (UFC) serão avaliadas. Para avaliação do potencial anticariogênico do terafluoreto de titânio e sistemas adesivos autocondicionantes na dentina, serão preparadas 40 cavidades em dentina nas faces vestibular ou lingual de 20 terceiros molares distribuídas aleatoriamente entre os tratamentos. As cavidades serão separadas entre os grupos para a aplicação do pré-tratamento de dentina ou não e dos respectivos sistemas adesivos. Em seguida, as cavidades serão restauradas com resina composta, impermeabilizadas com verniz de cor vermelha e os segmentos dentais serão submetidos às ciclagens de pH para indução de cárie artificial. Os ensaios de microdureza serão realizados para avaliar a presença de desmineralização ao redor das restaurações. Nove medições serão feitas ao redor das restaurações onde há margens em esmalte e nove medidas em dentina em diferentes distâncias e profundidades. Para avaliação da influência do tetrafluoreto de titânio na resistência de união de sistemas adesivos autocondicionantes serão utilizados 24 terceiros molares humanos. Uma superfície plana de dentina coronária de cada dente será exposta. Após planificação, os dentes serão separados entre os grupos para a aplicação do pré-tratamento de dentina ou não e dos respectivos sistemas adesivos. Um bloco de resina composta com 5,0 mm de altura e 5,0 mm de largura será confeccionado sobre o elemento dental. Os espécimes serão levados à cortadeira metalográfica para obtenção de palitos com aproximadamente 1mm2. Após 24 horas, serão submetidos ao ensaio de resistência de união por microtração. De um a dois palitos obtidos de cada dente serão separados para realização de microscopia eletrônica de varredura da interface dente/restauração. Além disso, as superfícies dos corpos-de-prova fraturados serão examinadas visualmente em lupa estereoscópica para classificar o tipo de fratura ocorrido. As análises estatísticas serão realizadas de acordo com a distribuição homogênea ou não homogênea, empregando-se testes paramétricos ou não paramétricos, respectivamente, adotando-se o nível de significância de 5%. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRIDI, ENRICO COSER; BOTELHO DO AMARAL, FLAVIA LUCISANO; GOMES FRANCA, FABIANA MANTOVANI; TURSSI, CECILIA PEDROSO; BASTING, ROBERTA TARKANY. Inhibition of demineralization around the enamel-dentin/restoration interface after dentin pretreatment with TiF4 and self-etching adhesive systems. CLINICAL ORAL INVESTIGATIONS, v. 20, n. 4, p. 857-863, MAY 2016. Citações Web of Science: 5.
BRIDI, ENRICO COSER; BATELHO AMARAL, FLAVIA LUCISANO; GAMES FRANCA, FABIANA MANTOVANI; TURSSI, CECILIA PEDROSA; FLORIO, FLAVIA MARTAO; BASTING, ROBERTA TARKANY. In Vitro Effects of 2.5% Titanium Tetrafluoride on Streptococcus Mutans and Lactobacillus Casei in Dentin Followed by Self-Etching Adhesive Systems. EUROPEAN JOURNAL OF PROSTHODONTICS AND RESTORATIVE DENTISTRY, v. 23, n. 4, p. 179-186, DEC 2015. Citações Web of Science: 3.
BRIDI, ENRICO COSER; BOTELHO AMARAL, FLAVIA LUCISANO; GOMES FRANCA, FABIANA MANTOVANI; TURSSI, CECILIA PEDROSO; BASTING, ROBERTA TARKANY. Influence of dentin pretreatment with titanium tetrafluoride and self-etching adhesive systems on microtensile bond strength. AMERICAN JOURNAL OF DENTISTRY, v. 26, n. 3, p. 121-126, JUN 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.