Busca avançada
Ano de início
Entree

Verificação do uso de anfetaminas ("rebite") por motoristas profissionais através da análise toxicológica em urina

Processo: 11/02848-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Mauricio Yonamine
Beneficiário:Juliana Takitane
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Toxicologia forense   Anfetamina   Cromatografia líquida de alta eficiência   Acidentes de trânsito   Motoristas

Resumo

No Brasil, por ano, cerca de 35.000 pessoas são vítimas fatais de acidentes de trânsito com expressivos custos para os cofres públicos. Sabe-se que o consumo de anfetaminas, popularmente conhecidos como "rebites", é uma prática comum entre os motoristas, principalmente os de transporte de cargas, com fins de manter o estado de vigília. Essas substâncias são potentes estimulantes do Sistema Nervoso Central (SNC), com elevado potencial para causar dependência. Entretanto, quando o efeito cessa, é verificada uma intensa depressão do SNC, o que pode ser um fator de risco para ocorrência de acidentes nas rodovias, inclusive com perda de vidas. Embora o consumo de substâncias psicoativas por motoristas profissionais seja objeto de grande preocupação no Brasil, evidências científicas sobre esta questão ainda são escassas. Portanto, o objetivo do estudo aqui proposto é verificar o uso de anfetaminas por motoristas profissionais que trafegam em rodovias do Estado de São Paulo. Para tanto, pretende-se estabelecer e validar métodos analíticos para determinação de anfetaminas (anfetamina, femproporex e anfepramona) em urina, por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) para a etapa de triagem das análises toxicológicas, e cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-MS) para a confirmação dos casos positivos. Serão coletadas cerca de 400 amostras de urina de motoristas que participarão de ações preventivas promovidas pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) denominadas "Comandos de Saúde nas Rodovias", nos anos de 2011 e 2012, em locais estabelecidos pelo DPRF e aplicadas, nestas amostras, as metodologias analíticas estabelecidas. Além disso, serão obtidos dados sócio-demográficos e de saúde dos motoristas participantes do estudo, através da aplicação de questionário estruturado. Os resultados deste estudo servirão como base para artigos que serão submetidos a publicações em periódicos científicos voltados ao assunto e poderão também servir de subsídio para políticas públicas de prevenção e fiscalização. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TAKITANE, JULIANA; ALMEIDA, RAFAEL M.; OLIVEIRA, TIAGO F.; PRADO, NATANAEL V.; MUNOZ, DANIELR.; LEYTON, VILMA; YONAMINE, MAURICIO. Determination of Amphetamine, Amfepramone and Fenproporex in Urine Samples by HPLC-DAD: Application to a Population of Brazilian Truck Drivers. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 27, n. 3, p. 624-630, MAR 2016. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TAKITANE, Juliana. Verificação do uso de anfetaminas (\"rebite\") por motoristas profissionais através da análise toxicológica em urina. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.