Busca avançada
Ano de início
Entree

Análises fisiológica, bioquímica e de expressão gênica em plantas de cana-de-açúcar transformadas geneticamente com o gene AtBI-1 submetidas ao déficit hídrico

Processo: 11/02710-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Helaine Carrer
Beneficiário:Mariana de Almeida Barbosa
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/52066-7 - Functional genomics of photosynthetic genes in sugarcane, AP.BIOEN.TEM
Assunto(s):Escassez de água   Saccharum   Morte celular

Resumo

A cana-de-açúcar é um dos principais produtos agrícola no cenário econômico e social brasileiro e sua manutenção, produção e produtividade estão ligados ao melhoramento genético com seleção de novas variedades com características de interesse. Técnicas de cultura de tecidos, bem como ensaios de estresse hídrico em casa de vegetação podem ser utilizados em estudos de seleção ou avaliação da tolerância de plantas, contribuindo para o esclarecimento das alterações fisiológicas, bioquímicas e moleculares provenientes das condições de estresse que induzem perturbações metabólicas e ativam o processo de morte celular programada - MCP. Esse trabalho tem por objetivo avaliar o nível de tolerância ao estresse híbrido de plantas de cana-de-açúcar modificadas geneticamente com o gene AtBI-1, que atenua a MCP, visando o desenvolvimento, a curto prazo, de variedades adaptadas a condições de baixa disponibilidade hídrica. Para tanto, plantas transgênicas de cana-de-açúcar micropropagadas in vitro serão submetidas a dois ensaios de estresse hídrico: ex vitro - em casa de vegetação com dois tratamentos (rega diária e ausência de rega); e, in vitro - em sala de crescimento com dois tratamentos (presença ou ausência de polietilenoglicol-PEG, como indutor de estresse hídrico). Serão estudadas variáveis fisiológicas como potencial hídrico, comportamento estomático e fotossintético e nos mesmos ensaios, folhas serão coletadas e utilizadas para análises bioquímicas e verificação do nível de expressão do gene AtBI-1. A análise dos resultados fornecerá um perfil detalhado do comportamento destas plantas transgênicas quando submetidas à baixa disponibilidade hídrica. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BARBOSA, Mariana de Almeida. Plantas de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) transformadas geneticamente com o gene AtBI-1 submetidas ao déficit hídrico em casa-de-vegetação. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.