Busca avançada
Ano de início
Entree

Poesia e deslocamento na trajetória poética de Waly Salomão

Processo: 11/03568-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literária
Pesquisador responsável:Maria Betânia Amoroso
Beneficiário:Caio Maríngoli Marabesi
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura brasileira   Poesia

Resumo

Com a publicação de seu primeiro livro em 1972, Waly Salomão é de início associado ao fenômeno que na poesia do período ficou conhecido como "poesia marginal". Suas obras, contudo, quando analisadas mais de perto, revelam outros aspectos e complexidades que o distanciam deste tipo de produção. Partindo do problema da subjetividade, da memória e do deslocamento pretende-se verificar como as propostas de Waly se relacionaram com os debates em torno da arte e de sua possibilidade a partir da segunda metade do século XX no Brasil até a contemporaneidade. Relacionando a busca pelo instante e a necessidade de transcender o existente imediato, a poesia de Waly aponta para uma complicada relação entre aquilo que é fluxo e a fixidez, entre o imediato e o não-imediato, entre a memória e a sucessão temporal, entre identidade e alteridade. Orientando-se para o acolhimento da diferença e para as vozes silenciadas pelas representações fixas, a poesia de Waly é situada sempre num vir a ser, num deslocamento e movimentação constantes em busca de novas camadas de percepção. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARABESI, Caio Maríngoli. "Por cima do cotidiano estéril e inútil" : imaginação e realidade, teatro e mundo na poesia de Waly Salomão. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Estudos da Linguagem.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.