Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da albumina sérica isolada de modelo experimental de doença renal crônica sobre o transporte reverso de colesterol de macrófagos

Processo: 11/03773-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Marisa Passarelli
Beneficiário:Juliana Tironi Machado
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Albuminas   Insuficiência renal crônica

Resumo

Alterações no transporte reverso de colesterol contribuem para a elevada incidência de doença cardiovascular na doença renal crônica (DRC). A albumina sérica, isolada de animais com DRC, reduz o efluxo de colesterol mediado por apoA-I e subfrações de HDL, prejudicando o fluxo de colesterol de macrófagos arteriais ao fígado por meio do transporte reverso de colesterol. Nossa hipótese é de que a albumina urêmica, à semelhança da albumina isolada do soro de portadores de diabete melito descompensado, induza maior geração de espécies reativas de oxigênio em macrófagos e elicite o estresse do retículo endoplasmático, vias associadas à redução na expressão dos receptores de HDL (ABCA-1 e ABCG-1) e ao acúmulo intracelular de lípides. O objetivo deste estudo é determinar a geração de espécies reativas de oxigênio (ânion superóxido) e a expressão de marcadores do estresse do retículo endoplasmático (chaperonas Grp 78 e Grp 94) e via de resposta a proteínas mal enoveladas (eIF2-a e ATF-6) em macrófagos tratados com albumina isolada de animais controles e urêmicos, tratados ou não com o antioxidante, N-acetilcisteína, bem como o acúmulo intracelular de lípides, por coloração com Oil Red O. Os achados contribuirão para detalhar as alterações no fluxo de lípides celulares que contribuem para a aterosclerose na doença renal crônica. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MACHADO, Juliana Tironi. N-acetilcisteína reduz o estresse de retículo endoplasmático e afeta seletivamente o efluxo de colesterol de macrófagos mediado por ABCA-1 e ABCG-1 na doença renal crônica. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.