Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre tecido adiposo e tecido ósseo: interação metabólica entre vitamina D, osteocalcina e leptina em adolescentes obesos

Processo: 11/04069-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Ligia Araujo Martini
Beneficiário:Kelly Virecoulon Giudici
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo   Vitamina D   Leptina   Obesidade   Osteocalcina   Adolescentes

Resumo

Dentre as ações endócrinas exercidas pela vitamina D, está o controle dos genes da osteocalcina e da leptina, esta última, hormônio produzido pelo tecido adiposo. Não são completamente conhecidos os efeitos da obesidade sobre a massa óssea de adolescentes. Estudos observaram que o ganho de conteúdo e densidade óssea, típico do período da adolescência, pode ser maior em adolescentes obesos, todavia outros sugerem menor massa óssea nessa população, após ajustes pela altura. Dentre os fatores metabólicos que estão possivelmente associados a estes efeitos, adipocinas como a leptina parecem ter forte participação na regulação do metabolismo ósseo dessa população. Investigar o mecanismo de interferência da concentração de vitamina D na relação entre o tecido adiposo e osso, mediada por osteocalcina e leptina, em adolescentes obesos. Este estudo transversal será realizado com indivíduos obesos de 10 a 19 anos. Serão avaliados dados demográficos e sócio-econômicos, antropométricos e de consumo alimentar. Serão realizadas bioimpedanciometria e coleta de sangue (jejum de 12 horas) para avaliação bioquímica de vitamina D, paratormônio, glicemia, insulina, osteocalcina carboxilada e não carboxilada, leptina, adiponectina, perfil lipídico e creatinina. (AU)