Busca avançada
Ano de início
Entree

Estresse oxidativo em cães com doença renal crônica

Processo: 11/08767-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Marileda Bonafim Carvalho
Beneficiário:André Luiz Baptista Galvão
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Estresse oxidativo   Óxido nítrico   Cães

Resumo

O estresse oxidativo renal ocorre devido à geração excessiva de espécies reativas dometabolismo de oxigênio (ERMO), que são lesivas aos tecidos. Acredita-se que o estresseoxidativo seja um fator potencialmente importante na mortalidade dos pacientes com doençarenal crônica (DRC) e na mediação de muitas complicações, principalmente cardiovasculares,renais e neurológicas. Objetiva-se com este trabalho avaliar o estresse oxidativo em cães comDRC considerando os quatro estágios de progressão da doença. Serão utilizados dez cães sadios(grupo controle) e outros 40 com DRC naturalmente adquirida, provenientes do canil do Grupode Pesquisa em Nefrologia e Urologia Veterinária (GPNUV), e do atendimento do Serviço deNefrologia e Urologia (SNUV) do Hospital Veterinário "Governador Laudo Natel"FCAV/UNESP Jaboticabal. Cães com DRC diagnosticada serão distribuídos em quatro gruposde acordo com o estágio de evolução da DRC (estágios 1, 2, 3 e 4) até que sejam completados10 animais por grupo. As avaliações experimentais serão realizadas tanto nos cães do grupocontrole quanto nos com DRC. Os exames compreenderão perfil bioquímico sérico renal,determinação da razão proteína/creatinina urinária, hemograma, mensuração da pressão arterialsistêmica e avaliação do estresse oxidativo que será feita por meio das determinações dasconcentrações séricas de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e do total deradicais livres (Total Antioxidant Assay Kit), e determinação indireta da concentraçãoplasmática de óxido nítrico. Serão realizadas duas avaliações respeitando o intervalo de 24horas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GALVAO, ANDRE B.; CARVALHO, MARILEDA B.; BATALHAO, LUCIANE G.; SILVA, JULIANA C. B.; BATALHAO, MARCELO; CARNIO, EVELIN C. Increased nitric oxide plasma concentration in dogs with naturally acquired chronic renal disease. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 37, n. 8, p. 847-852, AUG 2017. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GALVÃO, André Luiz Baptista. Estresse oxidativo em cães com doença renal crônica. 2014. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.