Busca avançada
Ano de início
Entree

Histórias Cruzadas: debates intelectuais no Brasil e em Portugal durante o movimento de Restauração Católica (1910 1942)

Processo: 11/09182-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Eliane Moura Silva
Beneficiário:Carlos André Silva de Moura
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/22344-8 - Diálogos Transoceânicos: trocas culturais entre intelectuais portugueses e os pensadores do movimento de restauração católica no Recife (1910 - 1937), BE.EP.DR
Assunto(s):Brasil República   Cruzadas   Igreja católica

Resumo

O intercâmbio intelectual e cultural entre portugueses e brasileiros pode ser percebido em diversas expressões sociais e cotidianas dos dois lados do atlântico. Questões relacionadas à política, economia e religião, foram algumas das principais temáticas analisadas por investigadores dos vários ramos das ciências humanas, embora ainda apresentem carência nas análises voltadas para o período republicano.Em nossa tese de doutoramento analisamos as histórias cruzadas entre os intelectuais no mundo luso-brasileiro, com a observação das conexões entre os projetos de recatolização do Estado e das instituições nos dois países, entre os anos de 1910 e 1942. Com a pesquisa, foi possível perceber as redes de colaborações entre os personagens investigados e como as suas ações contribuíram para a expansão de um movimento internacional da Cúria romana. O principal objetivo do trabalho foi compreender como as atividades dos intelectuais católicos e a legislação brasileira foi utilizada como modelo para as ações que tinham como finalidade a recristianização em Portugal. As interseções entre os dois movimentos se configuraram em especificidades de um padrão internacional, mas resguardaram objetivos comuns, a exemplo do projeto de reposicionamento da Igreja Católica como uma instituição atuante nas questões políticas e sociais de cada país.A partir de uma análise comparativa, concluímos que o intercâmbio entre os católicos brasileiros e lusitanos foi fundamental para as conquistas da Igreja. Foi com o desenvolvimento desta rede de colaboração, que os representantes da instituição retomaram a participação política e civil nos dois países, com o reconhecimento da sua personalidade jurídica e atuação internacional. (AU)