Busca avançada
Ano de início
Entree

Infecções genitais de mulheres infectadas pelo HIV atendidas em serviço de ambulatórios especializados e hospital- dia

Processo: 11/10875-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Lenice Do Rosário de Souza
Beneficiário:Caroline Acquaro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Infectologia   Vaginose bacteriana   Chlamydia trachomatis   HIV

Resumo

Os dados da Organização Mundial da Saúde, bem como, os nacionais vêm mostrando o avanço da epidemia de Aids entre as mulheres, com maior concentração de casos na faixa reprodutiva. Com esse crescimento, manifestações ginecológicas continuam a desempenhar importante papel na transmissão da doença. Estudos demonstram o sinergismo entre doenças sexualmente transmissíveis (DST) e a infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). De acordo com tais estudos as DST e outras infecções do trato genital estão relacionadas à susceptibilidade aumentada à infecção pelo HIV, e esta por sua vez pode aumentar a prevalência, recorrência e persistência de determinadas infecções genitais. O projeto maior, ao qual este trabalho está vinculado, e que conta com auxílio FAPESP (processo nº 08/55416-9) propõe-se a analisar a repercussão da infecção pelo HIV na saúde sexual e reprodutiva de mulheres atendidas no Serviço de Ambulatórios Especializados e Hospital Dia de Aids da Fundação para o Desenvolvimento Médico Hospitalar (FAMESP), Complexo Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP. A partir deste objetivo maior, o atual estudo pretende observar a eficácia dos tratamentos utilizados para infecções genitais em mulheres infectadas pelo HIV e averiguar a persistência e recorrência destas infecções, em pacientes participantes do projeto citado a cima. Trata-se de estudo descritivo e analítico no qual serão incluídas as portadoras de infecção pelo HIV, que apresentaram resultados positivos para pesquisa de Thricomonas vaginalis, Chlamydia trachomatis ou alterações de flora vaginal e que foram submetidas a tratamento específico. Os dados serão obtidos por meio de entrevista e de exame ginecológico com coleta de amostras para realização de exame microbiológico corado pelo método de Gram; cultura para Trichomonas vaginalis; e pesquisa de Chlamydia trachomatis por reação em cadeia da polimerase. Será realizada estimativa da eficácia do tratamento e da recorrência de infecções. As associações serão verificadas por meio do teste qui-quadrado ou exato de Fisher.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.