Busca avançada
Ano de início
Entree

Técnicas de desenvolvimento floral em Leguminosae

Processo: 11/13708-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Simone de Pádua Teixeira
Beneficiário:Giseli Donizete Pedersoli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57487-0 - Desenvolvimento floral em espécies de Leguminosae, AP.R
Assunto(s):Anatomia   Floração   Leguminosae

Resumo

O bolsista empregará metodologias que o capacitem a atuar em estudos de desenvolvimento floral. As atividades constam no emprego de técnicas de coleta e herborização de plantas, identificação de espécies, levantamentos bibliográficos, dissecção de botões florais e flores, preparação de materiais para microscopias de luz e eletrônica de varredura. Como produtos desta solicitação citamos a apresentação de resumos do trabalho em eventos científicos e a elaboração de artigos científicos para publicação em periódicos de circulação internacional.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE BARROS, THAIS CURY; PEDERSOLI, GISELI DONIZETE; TEIXEIRA, SIMONE PADUA. Anther glands in Mimosoideae (Leguminosae) are emergences with a conserved meristematic origin. FLORA, v. 226, p. 1-9, JAN 2017. Citações Web of Science: 4.
PEDERSOLI, GISELI DONIZETE; TEIXEIRA, SIMONE PADUA. FLORAL DEVELOPMENT OF PARKIA MULTIJUGA AND STRYPHNODENDRON ADSTRINGENS, TWO ANDROMONOECIOUS MIMOSOID TREES (LEGUMINOSAE). INTERNATIONAL JOURNAL OF PLANT SCIENCES, v. 177, n. 1, p. 60-75, JAN 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.