Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da citotoxicidade, genotoxicidade, antigenotoxicidade e expressão dos genes iNOS e COX-2 em ratos tratados com a polpa do fruto de Solanum sessiliflorum Dunal

Processo: 11/01982-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Lusânia Maria Greggi Antunes
Beneficiário:Lívia Cristina Hernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nutrigenômica   Carotenoides   Compostos fenólicos   Mutagênese

Resumo

A busca por uma alimentação mais saudável intensificou a identificação de compostos bioativos provenientes da dieta. Agentes quimiopreventivos podem ser encontrados em frutas, vegetais, grãos integrais, atuando por meio de diferentes mecanismos na prevenção da instabilidade genômica e, consequentemente no desenvolvimento do câncer: ativação ou detoxificação de carcinógenos, aumento na atividade antioxidante e antiinflamatória, reparo do DNA, modulação de uma ou mais vias de transdução de sinais, sequestro de espécies reativas de oxigênio e nitrogênio. Solanum sessiliflorum Dunal, conhecido popularmente como maná-cubiu, é uma planta exótica da Amazônia, utilizada na medicina popular no tratamento de queimaduras e controle dos níveis de colesterol e glicemia. Análises fitoquímicas preliminares da composição da polpa dos frutos do maná-cubiu revelaram uma quantidade significativa de compostos fenólicos, carotenóides e vitaminas, principalmente, niacina, a qual tem sido relacionada com mecanismos de reparo e síntese de DNA. As características nutricionais aliadas ao fácil cultivo do maná-cubiu justificam a importância da exploração comercial pelas indústrias de cosméticos e de alimentos, tais como sucos, geléias e doces. Apesar de alguns trabalhos descreverem aspectos agronômicos, econômicos e nutricionais deste fruto, ainda são raros os trabalhos que analisaram a atividade biológica da polpa do maná-cubiu. Assim, pretende-se neste trabalho avaliar os efeitos da polpa do fruto Solanum Sessiliflorum Dunal sobre a instabilidade genômica, alteração de parâmetros bioquímicos e expressão de genes pró-inflamatórios (iNOS e COX-2) em ratos Wistar submetidos a um tratamento subagudo, em associação ou não ao quimioterápico doxorrubicina. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HERNANDES, LIVIA CRISTINA; AISSA, ALEXANDRE FERRO; DE ALMEIDA, MARA RIBEIRO; CASTANIA DARIN, JOANA D'ARC; RODRIGUES, ELISEU; BATISTA, BRUNO LEMOS; BARBOSA JUNIOR, FERNANDO; MERCADANTE, ADRIANA ZERLOTTI; PIRES BIANCHI, MARIA LOURDES; GREGGI ANTUNES, LUSANIA MARIA. In vivo assessment of the cytotoxic, genotoxic and antigenotoxic potential of mana-cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) fruit. Food Research International, v. 62, p. 121-127, AUG 2014. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
HERNANDES, Lívia Cristina. Avaliação da citotoxicidade, genotoxicidade, antigenotoxicidade e expressão dos genes iNos e COX-2 em ratos tratados com a polpa do fruto de Solanum sessiliflorum Dunal. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.