Busca avançada
Ano de início
Entree

O império espanhol na pena de Shakespeare: diplomacia e dramaturgia na transição do Século XVI para o XVII

Processo: 11/11382-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Moderna e Contemporânea
Pesquisador responsável:Iris Kantor
Beneficiário:Ricardo Cardoso
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Relações internacionais   Relações diplomáticas   Império Espanhol   Monarquia   Reino Unido   Dramaturgia   Literatura inglesa

Resumo

Com base na análise das obras dramáticas de William Shakespeare, esta pesquisa pretende explorar as relações políticas e diplomáticas entre a monarquia inglesa e o império espanhol na passagem do século XVI para o XVII. Parte-se do pressuposto de que Shakespeare- por intermédio de seus espetáculos- foi um observador atento da política internacional. Através de algumas personagens, enredos e ambientações procurou retratar os principais dilemas da diplomacia inglesa na época áurea do poderio hispânico. A análise crítica de suas peças nos ajudará a compreender as projeções culturais compartilhadas pelos ingleses com relação ao império espanhol e, em particular, aos espanhóis. Procuraremos identificar como Shakespeare traduziu essas representações para a linguagem teatral em uma época de nascente disputa imperial. (AU)