Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de receptores hormonais (ar e era) e de IGF1-R na próstata de ratos expostos ao di-n-butil-ftalato (DBP) desde o período fetal, iniciados pela N-Metil-N-Nitrosuréia (MNU)

Processo: 11/10105-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia
Pesquisador responsável:Wellerson Rodrigo Scarano
Beneficiário:Talita de Mello Santos
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Receptores hormonais   Ftalatos   Reprodução   Próstata

Resumo

Tendo em vista a problemática mundial com relação à degradação dos materiais plásticos e sua dispersão no meio ambiente, e diante de estudo realizado anteriormente onde observou-se alterações histopatológicas e bioquímicas na próstata de animais expostos ao DBP (Di-N-Butil-ftalato) no período perinatal, este estudo tem por objetivo avaliar o potencial carcinogênico do DBP administrado desde o período fetal e após iniciação pelo MNUem um modelo de carcinogênese prostática. Ratas prenhes serão divididas em 4 grupos experimentais: 2 tratados: n=16/grupo (TDBP100 e TDBP500) e 2 controles: n=8/grupo (CN e CMNU). O grupo TDBP100 será exposto ao DBP (100 mg/kg) e o TDBP500 a 500 mg/kg do 15º. dia de gestação até a 21º. dia pós-natal, enquanto que os animais controle receberão o veículo. Após o desmame, os machos serão separados e os grupos tratados e CMNU receberão dose única de MNU (50 mg/Kg, i.p.) na 6ª. semana pós-natal. Metade dos animais tratados (n=8/grupo) continuarão recebendo o DBP após o desmame em doses semanais até o dia do sacrifício (180º. DPN), enquanto os demais serão mantidos pelo mesmo período sem tratamento. Após a aplicação do MNU, os animais serão submetidos a injeções semanais de Cipionato de Testosterona (promotor) 2mg/aplicação. No dia do sacrifício, o sangue será coletado, os órgãos reprodutores serão pesados e fragmentos do lobo ventral da próstata serão processados para inclusão em resina e paraplast para as análises estruturais; e imunocitoquímicas para a detecção de AR, ER e IGF1-R. Fragmentos de próstata ventral serão congelados e estocados a -80ºC e após extração das proteínas, estas serão destinadas à reação de Western Blot para avaliar a expressão das mesmas proteínas. Este estudo faz parte de um projeto que está em andamento (Fapesp 2010/01143-1) do qual a aluna proponente participou desde o início, no seu estágio de iniciação à prática laboratorial.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEIXOTO, ANDRE R.; SANTOS, TALITA M.; BRANDT, JOYCE Z.; DELELLA, FLAVIA K.; GONCALVES, BIANCA F.; CAMPOS, SILVANA G. P.; TABOGA, SEBASTIAO R.; FAVARO, WAGNER J.; DOMENICONI, RAQUEL F.; SCARANO, WELLERSON R. Gestational and lactational exposition to Di-N-butyl-phthalate (DBP) increases inflammation and preneoplastic lesions in prostate of wistar rats after carcinogenic N-methyl-N-nitrosourea (MNU) plus testosterone protocol. ENVIRONMENTAL TOXICOLOGY, v. 31, n. 10, p. 1185-1195, OCT 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.