Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação comparativa do processo de reparo de defeitos ósseos na mandíbula de coelhos tratados com cerâmica bifásica HA/beta-TCP 70/30 porosa em partículas e osso autógeno

Processo: 11/11157-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Rumio Taga
Beneficiário:Paula Sanches dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Coelhos   Biomateriais   Morfologia animal   Mandíbula   Regeneração óssea

Resumo

O objetivo do atual trabalho é avaliar radiográfica e histomorfometricamente o processo de reparo de defeitos ósseos de tamanho crítico em mandíbula de coelhos tratados com uma cerâmica bifásica de hidroxiapatita e fosfato tricálcio (HA/TCPp) na proporção de 70/30 na forma de partículas porosas comparando-as aos tratados com enxerto de osso autógeno. Em 18 coelhos adultos (Oryctolagus cuniculus) será realizado em cada hemi-mandíbula um defeito bicortical de tamanho crítico (15mm x 10mm) na base da mandíbula conforme o descrito por Zhang et al. (2010). O defeito criado na hemi-mandíbula direita será preenchida com HA/TCPp em partículas de 0,75 mm (Grupo 1) e o da esquerda tratada com osso autógeno particulado retirado da própria mandíbula durante a criação dos defeitos (Grupo 2). Após o seu preenchimento cada defeito será recoberto com uma membrana de colágeno (Gen-Derm®). As hemi-mandíbulas serão coletadas 30, 60 e 90 dias (6 por período para cada tratamento), radiografadas e processadas histologicamente. Nas imagens radiográficas serão avaliadas descritivamente a presença das partículas do material implantado e as diferenças quanto à densidade na região do defeito e o osso mandibular remanescente. Em cortes semi-seriados de 5mm corados pela HE será realizada primeiramente a análise descritiva para verificar a resposta tecidual frente ao material implantado e a histomorfometria para a obtenção dos valores percentuais de tecido ósseo neoformado, tecido conjuntivo e material residual. Todos os resultados quantitativos serão comparados pela análise de variância (ANOVA) ou Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade da distribuição dos resultados e as médias contrastadas entre os diferentes períodos e grupos experimentais. Será adotado o nível de significância 5%. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTOS, PAULA SANCHES; CESTARI, TANIA MARY; PAULIN, JESSICA BOTTO; MARTINS, RENATO; ROCHA, CAROLINE ANDRADE; NUNES ARANTES, RICARDO VINICIUS; COSTA, BRUNA CAROLINA; DOS SANTOS, CASSIO MORILLA; ASSIS, GERSON FRANCISCO; TAGA, RUMIO. Osteoinductive porous biphasic calcium phosphate ceramic as an alternative to autogenous bone grafting in the treatment of mandibular bone critical-size defects. JOURNAL OF BIOMEDICAL MATERIALS RESEARCH PART B-APPLIED BIOMATERIALS, v. 106, n. 4, p. 1546-1557, MAY 2018. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.