Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da diversidade da microbiota subgengival e perfil de citocinas séricas e de fluido gengival relacionada ao controle glicêmico de indivíduos com diabetes mellitus tipo II

Processo: 11/10057-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 09 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Marcia Pinto Alves Mayer
Beneficiário:Priscila Larcher Longo
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/20537-9 - Análise dos dados gerados por sequenciamento de alta performance da região 16SrRNA em amostras de biofilme subgengival de pacientes diabéticos, BE.EP.PD
Assunto(s):Diabetes mellitus   Controle da glicemia   Doenças periodontais   Microbiologia

Resumo

Há uma relação bidirecional entre periodontite e diabetes mellitus tipo II, onde o tratamento da infecção periodontal pode ser considerado parte do tratamento da diabetes, enquanto o controle glicêmico é um pré-requisito para o sucesso da terapia periodontal. Não são conhecidos marcadores inflamatórios e a microbiota subgengival de casos de periodontite associada a diabetes com desequilíbrio glicêmico de casos de periodontite crônica dos demais diabéticos e não diabéticos, embora estas tenham severidade e prognóstico diferentes. Este estudo visa testar a hipótese de que a microbiota subgengival de pacientes diabéticos sem equilíbrio glicêmico difere da microbiota de pacientes diabéticos com equilíbrio glicêmico e controles não diabéticos, refletindo e/ou sendo reflexo do quadro inflamatório exacerbado nos casos de falência de equilíbrio glicêmico. Serão selecionados 30 pacientes com periodontite sendo 10 sem diabetes, 10 diabéticos com controle glicêmico e 10 diabéticos com controle glicêmico deficiente. Os pacientes serão submetidos a exames médicos, coleta de sangue, exame clínico periodontal e coleta de amostras de biofilme subgengival e fluido gengival. A diversidade da microbiota subgengival será analisada por bibliotecas genômicas 16SrRNA e amostras de biofilme de sítios profundos e rasos serão analisadas quanto aos níveis de patógenos periodontais reconhecidos e de organismos selecionados a partir dos dados de diversidade por quantificação de RNA com oligonucleotídeos (ROQT). Amostras de fluido gengival e soro serão analisadas quanto ao perfil de citocinas e mediadores envolvidos na reabsorção óssea. Os dados fundamentarão estudos longitudinais onde marcadores específicos para periodontite em pacientes diabéticos serão determinados e sua relação com equilíbrio glicêmico e efeito ao tratamento periodontal serão avaliados.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LONGO, PRISCILA L.; DABDOUB, SHAREEF; KUMAR, PURNIMA; ARTESE, HILANA P. C.; DIB, SERGIO A.; ROMITO, GIUSEPPE A.; ALVES MAYER, MARCIA PINTO. Glycaemic status affects the subgingival microbiome of diabetic patients. JOURNAL OF CLINICAL PERIODONTOLOGY, v. 45, n. 8, p. 932-940, AUG 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.