Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do laser 904nm no controle da dor neuropática: avaliação da célula da glia e fator de crescimento neural (NGF) no gânglio da raiz posterior do nervo espinal de ratos

Processo: 11/08240-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Marucia Chacur
Beneficiário:Mara Evany de Oliveira Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dor neuropática   Laser de baixa intensidade   Hiperalgesia   Neuroanatomia   Terapia a laser de baixa intensidade   Imuno-histoquímica

Resumo

Os movimentos corporais são decorrentes de integração harmônica entre vários sistemas como, por exemplo, sistema ósseo, sistema articular e sistema muscular os quais juntos constituem o aparelho locomotor. Para que o aparelho locomotor desempenhe um bom funcionamento, é necessário que o sistema nervoso central e periférico estejam livres de injúrias. Injúrias incidentes sobre o sistema nervoso central ou periférico, certamente trarão implicações ao aparelho locomotor devido à alta integração existente entre esses dois sistemas (1). Clinicamente, diversas terapêuticas vêem sendo utilizadas para tratar pacientes com dor neuropática com o objetivo de melhorar a qualidade de vida desse pacientes. Visando esta melhora, vem sendo utilizado por fisioterapeutas em diversas patologias uma técnica não invasiva chamada de laser terapia, cujo o tratamento é por meio de radiação laser, que visa principalmente agir com efeito analgésico para que este paciente possa retornar as suas atividades de vida diária o mais rápido possível.Assim, o presente projeto visa submeter os animais que serão induzidos a neuropatia ao tratamento com a técnica de laser terapia, e posteriormente avaliar os possíveis mediadores envolvidos no modelo de dor crônica em ratos. Dentre eles, avaliaremos as células gliais e o Fator de crescimento neural (NGF).Com isso, poderemos aperfeiçoar a técnica de aplicação do laser contribuindo para uma melhor qualidade de vida dos pacientes.