Busca avançada
Ano de início
Entree

Administração da amitriptilina isolada versus associada ao tratamento fisioterapêutico na redução da intensidade e frequência da migranea - Ensaio controlado randomizado

Processo: 11/07952-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Débora Bevilaqua Grossi
Beneficiário:Maria Claudia Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Dor   Enxaqueca sem aura   Fisioterapia

Resumo

O objetivo principal desse trabalho é avaliar o efeito adicional do tratamento fisioterapêutico na frequência e intensidade da migranea. Serão inclusos 50 pacientes com migranea segundo os critérios da International Classification of Headache Disorders (2004), selecionados aleatoriamente do ambulatório de Cefaleia e Algias Craniofaciais do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP), do sexo feminino, na faixa etária de 18 e 55 anos, com mínimo de 2 crises e no máximo de 12 dias de dor por mês, que estejam em tratamento profilático com amitriptilina até 25mg, há pelo menos 3 meses. Serão excluídas mulheres com diagnósticos de outras cefaleias concomitantes, doenças sistêmicas não controladas e que tenham feito tratamento fisioterapêutico no último 1 ano específico para região crânio-cervical ou postura. Os pacientes serão aleatorizados e secretamente alocados em 2 grupos: G1 fisioterapia + amitripitilina e G2 amitriptilina. Todos serão avaliados pré e pós tratamento quando ao limiar de dor por pressão, limiar sensorial térmico, mobilidade cervical, impacto da cefaléia, a qualidade de vida e alodinia. No período de 30 e 60 dias após a intervenção todos os pacientes serão novamente avaliados quando ao limiar de dor por pressão, mobilidade cervical e limiar sensorial térmico. O avaliador será cego para os grupos a que os pacientes pertencem. Durante o período de intervenção e seguimento todos os pacientes preencherão o diário de dor para avaliação da frequência, intensidade da migranea e uso de analgésicos. O tratamento fisioterapêutico será composto de treinamento respiratório diafragmático, pompage, deslizamento miofascial e alongamento dos músculos cervicais. Os pacientes receberão tratamento fisioterapêutico duas vezes por semana, por oito semanas, totalizando 16 sessões. Os pacientes serão informados da possibilidade de participarem de um dos dois tipos de tratamento e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido. Este projeto foi enviado para aprovação do comitê de Ética em Pesquisa do HCFMRP e após aprovação será registrado na plataforma de registro de ensaios clínicos International Clinical Trials Registry Platform - ICTRP. Os dados serão analisados segundo a intenção de tratamento com o auxilio do Centro de métodos quantitativos (CEMEQ) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BEVILAQUA-GROSSI, DEBORA; GONCALVES, MARIA CLAUDIA; CARVALHO, GABRIELA FERREIRA; FLORENCIO, LIDIANE LIMA; DACH, FABIOLA; SPECIALI, JOSE GERALD; BIGAL, MARCELO EDUARDO; CHAVES, THAIS CRISTINA. Additional Effects of a Physical Therapy Protocol on Headache Frequency, Pressure Pain Threshold, and Improvement Perception in Patients With Migraine and Associated Neck Pain: A Randomized Controlled Trial. ARCHIVES OF PHYSICAL MEDICINE AND REHABILITATION, v. 97, n. 6, p. 866-874, JUN 2016. Citações Web of Science: 8.
GONCALVES, MARIA CLAUDIA; CHAVES, THAIS CRISTINA; FLORENCIO, LIDIANE LIMA; CARVALHO, GABRIELA FERREIRA; DACH, FABIOLA; FERNANDEZ-DE-LAS-PENAS, CESAR; BEVILAQUA-GROSSI, DEBORA. Is pressure pain sensitivity over the cervical musculature associated with neck disability in individuals with migraine?. JOURNAL OF BODYWORK AND MOVEMENT THERAPIES, v. 19, n. 1, p. 67-71, JAN 2015. Citações Web of Science: 10.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONÇALVES, Maria Claudia. Efeito adicional da fisioterapia ao tratamento medicamentoso na redução da frequência e intensidade da migrânea: ensaio controlado randomizado. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.