Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise emergética da recuperação florestal em área degradada, no sítio duas cachoeiras

Processo: 11/12280-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Enrique Ortega Rodriguez
Beneficiário:Victor Salek Bosso
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Reflorestamento   Restauração ecológica   Sistemas agroflorestais   Desenvolvimento sustentável

Resumo

O presente projeto de pesquisa propõe estudar, com auxílio da análise emergética e do sistema de informações geográficas referenciadas, o processo de recuperação produtiva de uma área degradada do "Sítio Duas Cachoeiras" (Amparo, SP); o objetivo é combater a erosão e a perda das nascentes, de modo a recuperar os estoques e os serviços ambientais. O estudo considera a proposta de reflorestamento feita pelo produtor Guaracy Dinis que tem como modelo a proposta de uso sustentável de florestas de H. T. Odum, M. T. Brown & D. Tilley e E. Götsch. O sítio possui as seguintes áreas: área de mata nativa já existente (banco de sementes), área de pecuária com pasto em sistemas de pastagem agrosilvipastoril (SASP), áreas de cultivos anuais, áreas de implantação de sistema agroflorestal (SAF) e área de infra-estrutura. A pesquisa considera que cada espaço da propriedade tem um potencial diferente de desenvolvimento ecológico e econômico e que são necessários estudos sobre o aproveitamento integrado dos recursos disponíveis para continuar a recuperação da paisagem, dos recursos hídricos, da biodiversidade, do solo e da cobertura arbórea. Para contribuir com o trabalho de reflorestamento será feita uma previsão do comportamento do sistema por meio de modelagem e simulação do projeto de manejo sustentável da unidade produtiva. Para avaliar a sustentabilidade do sistema sob estudo serão obtidas, com ajuda do proprietário e de instituições públicas, as seguintes informações: (a) biomassa produzida; (b) variação dos macronutrientes (N, P e K) no solo e na cobertura vegetal; (c) captura e seqüestro de carbono; (d) aumento da biodiversidade local; (e) variação dos estoques e fluxos de água, (f) benefícios sociais e econômicos. Espera-se, assim, contribuir ao conhecimento da recuperação florestal e discutir sua viabilidade econômica.