Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do succinato e seu receptor GPR91 na fisiopatologia da artrite experimental

Processo: 11/12671-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:José Carlos Farias Alves Filho
Beneficiário:André Luis Lopes Saraiva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Células dendríticas   Imunofarmacologia   Artrite reumatoide

Resumo

A artrite reumatóide (AR) é uma doença autoimune que afeta 1% da população mundial e é caracterizada pela inflamação crônica, hiperplasia do tecido sinovial e infiltração de células do sistema imune no tecido articular. A patogênese da AR envolve a ativação de lifócitos T auto-reativos através da apresentação de antígenos próprios, efeito este mediado principalmente por células dendríticas (DCs). Recentemente, foi demonstrado que DCs imaturas expressam o receptor GPR91, um receptor previamente orfão que faz parte da grande familia de receptores acoplados a proteína G. Também foi relatado que succinato, um intermediario do ciclo de Krebs, é o ligante endógeno do receptor GPR91. Deste modo, acredita-se que succinato, além de sua função na respiração celular, pode também ter papel importante no sistema imunológico. O objetivo do presente estudo será avaliar o papel do succinato e do receptor GPR91 no desenvolvimento da artrite reumatóide.Para isto propomos: a) avaliar, utilizando modelos animais de artite, a contribuição do succinato no desencadeamento da resposta imune específica na artrite; b) avaliar o papel do succinato na modulação dos processos efetores da artrite, como migração de leucócitos e lesão tecidual após o estabelecimento da doença; e c) avaliar a participação dos receptores GPR91 na geração das respostas efetoras na AR. Em uma perspectiva futura, o desenvolvimento deste estudo pode levar a identificação de um novo alvo terapêutico que possibilite o desenvolvimento de drogas alternativas para o tratamento da artrite.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LUIZ, JOAO PAULO M.; TOLLER-KAWAHISA, JULIANA E.; VIACAVA, PAULA R.; NASCIMENTO, DANIELE C.; PEREIRA, PRISCILLA T.; SARAIVA, ANDRE L.; PRADO, DOUGLAS S.; LEBERT, MARC; GIURISATO, EMANUELE; TOURNIER, CATHY; et al. MEK5/ERK5 signaling mediates IL-4-induced M2 macrophage differentiation through regulation of c-Myc expression. Journal of Leukocyte Biology, . (17/20692-5, 13/08216-2, 11/12671-1, 17/01714-8, 16/05377-3)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.