Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da solubilidade da fração proteica em soja submetida à extração alcoólica sob diferentes condições de temperatura e hidratação do etanol

Processo: 11/14246-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Christianne Elisabete da Costa Rodrigues
Beneficiário:Larissa Lopes Venâncio
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Extração líquido-líquido   Solubilidade   Etanol   Óleo de soja

Resumo

A produção de soja tem crescido expressivamente para atender à demanda total desse produto o qual é extensamente utilizado para diversos fins devido ser uma importante fonte lipídica e protéica. A soja é, de fato, a oleaginosa mais importante cultivada no mundo e isto é decorrente do alto valor nutricional e funcional de sua proteína.Sua importância econômica reflete no alto consumo de óleo de soja, obtido pelo processo extração com hexano, o qual é o solvente mais utilizado para extração da fração lipídica da maioria das plantas oleaginosas. Seu emprego, porém, acarreta em inúmeras desvantagens e consequências decorrentes de sua origem fóssil e alta inflamabilidade ocasionando preocupações tanto por parte de seus utilizadores quanto em relação à questão ambiental.A extração de óleos vegetais com etanol é uma alternativa atraente frente ao uso de solventes derivados do petróleo, tal como o hexano. O etanol se destaca vantajosamente perante diversas características e, principalmente, por sua grande oferta no Brasil.O solvente proposto, obtido através da cana-de-açúcar, coloca o país em situação privilegiada, eliminando sua dependência do mercado internacional de combustíveis fósseis. Em adição, o hexano é considerado uma neurotoxina, devido ser altamente tóxico a altas concentrações, além de ter sido considerado um grande agente poluidor por órgãos de proteção ambiental.Desse modo, o presente projeto de iniciação científica tem como objetivo estudar o impacto das condições de processo sobre a solubilidade de soja submetida a processo de extração de óleo com uso do etanol como solvente. As condições de processo a serem avaliadas neste trabalho são temperatura e hidratação do etanol.A avaliação da solubilidade das proteínas é de extrema importância, pois permite observar a intensidade da desnaturação proteica e a magnitude do tratamento térmico sofrido pelo material.De fato, a aceitação de ingrediente proteico pela indústria de alimentos não se deve apenas às suas qualidades nutricionais, mas também às suas propriedades funcionais as quais definem as possíveis aplicações comerciais do produto.Vale ressaltar que este projeto de iniciação científica está associado ao Projeto de Auxílio à Pesquisa n: 2009/17855-3, coordenado pela orientadora da presente proposta. Em adição, este projeto compreende tópicos pertinentes ao projeto temático BIOEN (2008/56258-8) coordenado pelo Prof. Antonio José de Almeida Meirelles da FEA-UNICAMP.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SAWADA, MIRIAN MEGUMI; VENANCIO, LARISSA LOPES; TODA, TATIANE AKEMI; RODRIGUES, CHRISTIANNE E. C. Effects of different alcoholic extraction conditions on soybean oil yield, fatty acid composition and protein solubility of defatted meal. Food Research International, v. 62, p. 662-670, AUG 2014. Citações Web of Science: 30.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.