Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da estabilidade de cor, grau de conversão e resistência à união de sistemas de cimentação após envelhecimento artificial

Processo: 11/11937-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Luis Alexandre Maffei Sartini Paulillo
Beneficiário:Lucia Trazzi Prieto
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Facetas dentárias   Facetas laminadas   Resistência ao cisalhamento   Dentística restauradora   Cimentos de resina

Resumo

Os cimentos resinosos são fundamentais para fixação de facetas laminadas, a estabilidade de cor e a resistência à união destes cimentos são importantes para se obter um resultado clínico de sucesso. Assim, o objetivo deste estudo "in vitro" foi avaliar as propriedades físicas de cimentos resinosos e resinas compostas flow usadas na cimentação de facetas laminadas em esmalte, por meio da avaliação da estabilidade de cor e resistência à união após envelhecimento artificial, e ainda, o seu grau de conversão. Para isso, foram desenvolvidos 2 estudos distintos o primeiro estudo utilizou 48 incisivos humanos. Esses dentes foram divididos, aleatoriamente, em 6 grupos (n=8), formados pelos sistemas de fixação RelyX Veneer/ Single Bond 2 (3M ESPE), RelyX ARC/Single Bond 2 (3M ESPE), Filtek Flowable/Single Bond 2 (3M ESPE), Variolink Veneer/Tetric N-Bond (Ivoclar-Vivadent), Variolink II/ Tetric N-Bond (Ivoclar-Vivadent) e Tetric N-Flow/ Tetric N-Bond (Ivoclar-Vivadent). Para a avaliação da estabilidade de cor foram realizados preparos em esmalte nas coroas dentais com 0,6 mm de profundidade simulando preparos para facetas laminadas. Em seguida foram confeccionadas 48 facetas laminadas em cerâmica IPS Empress Esthetic, que foram cimentadas de acordo com os grupos experimentais. Vinte e quatro horas após a cimentação a cor inicial foi avaliada com o auxílio de espectrofotômetro (Easyshade-Vita). Após o envelhecimento térmico-mecânico com 2.500 ciclos térmicos, 1.200.000 ciclos mecânicos com carga de 50 N e envelhecimento acelerado por luz durante 300 horas (150Kj/m), nova mensuração de cor foi realizada. Para mensuração do grau de conversão 48 espécimes (n=10) de cada cimento resinoso e resina composta flow foram confeccionados (com dimensões de 5 mm de diâmetro por 0,5 mm de espessura) e os espectros de absorção foram obtidos através do espectrômetro Spectrum 100 FTIR/UATR. Para o segundo estudo foram selecionados outros 48 incisivos humanos para avaliação da resistência ao microcisalhamento, para este teste foi realizada a cimentação de dois cilindros cerâmicos (IPS Empress Esthetic) com 1 mm de diâmetro e 2 mm de altura sobre o esmalte vestibular planificado, após vinte e quatro horas o primeiro cilindro foi acoplado à máquina EZ-test para mensuração da resistência à união e o cilindro remanescente foi submetido ao envelhecimento acelerado por luz, e posteriormente foi realizado novo ensaio de resistência à união e o padrão de fratura foi analisado em microscópio óptico. Os dados foram submetidos a Análise de Variância e teste de Tukey (±=0,05). Em relação ao primeiro estudo a estabilidade de cor todos os materiais testados apresentaram grande alteração de cor perceptível clinicamente (”E>3.3) porém não apresentaram diferença estatísticas entre si. Quanto ao grau de conversão, Tetric Flow e Variolink Veneer obtiveram os melhores resultados, sendo que Filtek Flow, RelyX Veneer e Variolink II apresentaram resultados intermediários com diferenças estatísticas entre si e o cimento RelyX ARC apresentou o menor grau de conversão. O segundo estudo apresentou como resultado os sistemas de fixação Single bond 2/RelyX ARC e Tetric N-Bond/Variolink II apresentaram os melhores valores de resistência à união quando comparados aos demais sistemas, Tetric N-bond/Variolink Veneer e Single bond 2/ RelyX Veneer foram estatisticamente semelhantes entre si e superiores as resinas compostas flow, que apresentaram os valores mais baixos. Mediante os resultados pode-se concluir que todos os sistemas de fixação sofrem alteração de cor perceptível após submetidos ao envelhecimento, em relação ao teste de microcisalhamento os materiais duais apresentaram melhor desempenho porém quando avaliados em relação ao grau de conversão apresentaram os menores valores de conversão diferentes estatisticamente dos outros materiais testados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)