Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação externa de nomograma brasileiro para predição de câncer de próstata órgão-confinado - FMUSP

Processo: 11/13973-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Alexandre Crippa Sant'Anna
Beneficiário:Erico Myung Rodenbeck
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Urologia   Neoplasias da próstata   Prognóstico
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Câncer de Próstata | Nomograma | prognóstico | Urologia

Resumo

Objetivos: (a) Validar externamente os nomogramas de Crippa et al que combinam antígeno prostático específico (PSA) sérico, porcentagem de fragmentos positivos na biópsia prostática (PFPB) e escore de Gleason da biópsia prostática para predição de doença orgão confinada (DOC), em prostatectomias radicais realizadas entre 1988 e 2002, em uma população contemporânea de instituição de ensino terciária de assistência pública; (b) Re-derivar as variáveis e ajustá-las para produzir dois nomogramas de predição para DOC e invasão de vesículas seminais (IVS).Método: A acurácia (discriminação e calibração) dos nomogramas de Crippa et al serão examinadas em 1002 pacientes submetidos a prostatectomia radical retropúbica (PRR) entre 2005 e 2010 na Universidade de São Paulo. Curvas ROC com as respectivas áreas sob a curva (ASC) e escores de Brier serão usados para quantificar as propriedades discriminativas das predições dos nomogramas de Crippa et al para DOC. Gráficos LOESS de calibracão serão usados para expressar visualmente a relacão entre as probabilidades preditas e as taxas de desfecho observadas. Na sequência, rederivação das variáveis incluindo PSA, PFPB, escore de Gleason da biópsia prostática e estadio clínico será realizada para os desfechos DOC e IVS. Modelos finais de regressão logística originaram os nomogramas de predição para DOC e IVS (intervalos de confiança de 95% em 1000 amostras bootstrap). Os procedimentos de validação acima descritos serão aplicados na validação interna dos nomogramas da USP.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)