Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da ingestão de ácidos graxos ômega-3 sobre a expressão e função de receptores do tipo Toll em células mononucleares periféricas de indivíduos obesos

Processo: 11/17774-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 23 de abril de 2012
Vigência (Término): 01 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Marcelo Macedo Rogero
Beneficiário:Marcelo Macedo Rogero
Anfitrião: Philip C. Calder
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Southampton, Inglaterra  
Assunto(s):Nutrigenômica   Citometria de fluxo   Monócitos   Obesidade   Inflamação   Ácidos graxos ômega-3   Receptores toll-like

Resumo

Obesidade é caracterizada como um estado de inflamação crônica. Na última década, evidências científicas mostram que a inflamação é um dos principais mecanismos envolvidos no desenvolvimento da resistência à ação da insulina associada à obesidade, diabetes tipo 2 e doença cardiovascular. Neste contexto, a ativação da via de sinalização do receptor do tipo Toll (TLR) tem sido reconhecida como um ativador da inflamação induzida pela obesidade. Estudos epidemiológicos fortemente sugerem que ácidos graxos ômega-3 apresentam ação anti-inflamatória, sendo que a concentração desses lipídios no plasma, bem como na membrana plasmática de eritrócitos, correlaciona-se negativamente com a concentração plasmática de biomarcadores inflamatórios, como a proteína C reativa e a interleucina-6. Neste estudo, serão investigadas as seguintes hipóteses: (i) a expressão e a função dos TLR em células mononucleares do sangue periférico aumenta em indivíduos obesos; e (ii) o consumo de ácidos graxos ômega-3 diminui a expressão e a função dos TLR em células mononucleares do sangue periférico de indivíduos obesos. Serão recrutados indivíduos com idade entre 18 a 65 anos, com peso normal (índice de massa corporal (IMC) entre 18,5 e 25 kg/m2 (n = 50)) ou obesos (IMC entre 30 e 40 kg/m2 (n = 50) e circunferência da cintura > 94 cm para homens e > 80 cm para mulheres). Os indivíduos serão distribuídos randomicamente em grupos que consumirão capsulas contendo óleo de peixe ou placebo, por um período de 12 semanas. Aproximadamente 1,8 g de ácido eicosapentaenoico e ácido docosaexaenoico serão fornecidos a cada indivíduo, diariamente, durante o estudo. A expressão na superfície celular dos TLR2 e TLR4 será avaliada em células mononucleares do sangue periférico por citometria de fluxo. Em um ensaio de cultura de monócitos, estas células serão marcadas intracelularmente com anticorpos monoclonais específicos para as citocinas IL-1², TNF± e IL-6. Concentrações de IL-1², IL-6, IL-8, IL-10, TNF± e IL-12p70 serão avaliadas no sobrenadante da cultura celular por citometria de fluxo. A análise estatística será realizada por meio da comparação das concentrações dos biomarcadores inflamatórios e da expressão e função dos TLR em células mononucleares do sangue periférico entre indivíduos com peso normal e obesos, bem como entre os tratamentos ômega-3 e placebo. Todas as comparações estatísticas serão realizadas por meio do uso do SPSS (versão 14). (AU)