Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do polimorfismo 579 G>T do gene DNMT3B na carcinogênese de cabeça e pescoço.

Processo: 11/17886-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Eny Maria Goloni Bertollo
Beneficiário:Jéssika Nunes Gomes da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Polimorfismo genético   Neoplasias de cabeça e pescoço   Biologia molecular

Resumo

O carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço é considerado um dos tumores mais freqüentes nos países em desenvolvimento diagnosticado na maioria das vezes em estágios avançados, com poucas opções eficazes de tratamento. Os principais fatores de risco associados a este processo tumorigênico são: o consumo de tabaco e de álcool, seguidos de uma dieta inadequada e infecções virais. Alterações no metabolismo do folato podem contribuir para o processo de carcinogênese por influenciar as reações de metilação do DNA e a estabilidade genômica. Polimorfismos em genes que codificam enzimas envolvidas na via do folato podem alterar a atividade enzimática, interferindo nas concentrações de homocisteína, S-adenosilmetionina e outros produtos do metabolismo, importantes para a síntese de DNA e reações de metilação celular. Assim, o objetivo deste estudo é a investigação do polimorfismo de nucleotídeo único (SNP) 579 G>T do gene DNMT3B, cuja enzima DNMT3B participa da via metabólica do folato, no risco para o câncer de cabeça e pescoço, além de verificar a associação entre este polimorfismo com as características clínicas dos pacientes e com fatores de risco (fumo, álcool e gênero). As alterações genéticas serão investigadas pela técnica de Discriminação Alélica por PCR em Tempo Real em 200 pacientes com a doença e 400 indivíduos controle. Os resultados desse projeto poderão contribuir para a determinação do envolvimento do gene DNMT3B no desenvolvimento de carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço e na compreensão dos mecanismos relacionados ao processo de tumorigênese.