Busca avançada
Ano de início
Entree

Neuroadaptação em condições de borramento

Processo: 11/19208-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Paulo Schor
Beneficiário:Cristiane Okazaki
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Oftalmologia   Acuidade visual

Resumo

A acuidade visual é uma função visual que exprime a capacidade discriminativa. Como acuidade visual central, entendemosa competência de reconhecimento angular entre dois pontos no espaço.Embora haja também a cognição como parte do processo de medida davisão, seu entendimento é comum e bem operado pelos oftalmologistas.Sua medida pode ser obtida pela relaçãoentre a menor porção significante de um objeto (optotipo) e a distânciaentre observador e objeto. Para esse fim, símbolos em preto sobrefundo branco são usados (por contraste máximo) e colocados a umadistância conhecida (por exemplo de vinte pés, ou seis metros) doexaminado.A má identificação de optotipos pode se dar por uma distanciaexcessiva do objeto ao observador (acima da capacidade visual do olhohumano normal) limitada por outros motivos como a difração, aaberração e a dispersão. Tais fenômenos ópticos cursam com o borramentovisual. Na difração, observa-se uma mudança na direção da luz quando amesma encontra um obstáculo. Pode ser observada em olho com pupilasmuito pequenas. . A aberração óptica implica em desvio da luz e portando somente ocorreem meios nos quais os índices de refração são diferentes, e quantomaior esta diferença, maior o desvio dos raios de luz..A dispersão é importante em situaçõescomo edemas de córnea e de cristalino, quando a água infiltrada entreas lamelas corneanas representa um aumento do espaço ótimo para evitara interferência óptica. Entretanto, a mesma somente sofrerá desvio sea distância entre os dioptros com índices de refração diferentes formaior que seu comprimento de onda (600 nanômetros).A visão nítida implica em pouco borramento, porem mesmo em condiçõessub-ótimas o sistema nervoso central pode ser ativado de modo afiltrar a falta de limites nítidos, e resultar em uma cena percebidacomo nítida. também a falta de luz pode, até certo ponto, sercompensada pelo cérebro, que atua como um intensificador de imagens..A visão embaixo d´água é prejudicada por muitos fatores, entre eles apouca iluminação, principalmente em maiores profundidades. Por voltade 30m de profundidade, o espectro luminoso é limitado e dificulta adiscriminação das cores. Mergulhadores profissionais estão expostos a condições adversas devisibilidade subaquática. A procura de objetos a grandes profundidadespressupõe uma capacidade discriminatativa importante. Mergulhadoresamadores geralmente não percebem detalhes do ambiente que os circunda,quer por falta de familiaridade com a procura ou eventualmente poroutros fatores ópticos e cognitivos.O objetivo desse trabalho é o de avaliar a acuidade visual, em mergulhadores profissionais e nãomergulhadores variando a luminosidade do alvo (baixo contraste) e oborramento visual.Pretendemos estudar a resposta adaptativa do sistema nervoso central,que eventualmente aumentará a nitidez dos objetos e seu contrastepor treinamento, melhorando a acuidade visual medida nesse sub-grupo.Testaremos a visão dos mergulhadores e voluntários não mergulhadorescom correção óptica adequada (óculos) se necessária (visão menor de20/20), em baixo contraste e a melhor visão sob borramento e lente de1d (miopia induzida).Realizaremos a medida da visão em alto contraste através de águaturva comparando os dois grupos, e finalmente fotografaremos a tabelade acuidade visual através de água turva, para comparação dadeterminação dos optiotipos observados diretamente e pelasfotografias.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)