Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema para aquisição e análise de imagem do olho humano em dispositivos móveis

Processo: 11/18616-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Medidas Elétricas, Magnéticas e Eletrônicas, Instrumentação
Pesquisador responsável:Adilson Gonzaga
Beneficiário:Enzo Bertini Vieira
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Computação   Visão computacional   Dispositivos móveis   Android   Processamento de imagens   Análise de imagens

Resumo

Neste plano de pesquisa de iniciação científica, propõe-se o desenvolvimento de um sistema de análise da imagem do olho humano para dispositivos móveis baseados no sistema operacional Android. O objetivo é medir e aferir diversas características da íris e da pupila humana visando aplicações tanto na área de segurança, quanto na médica e industrial. Embora técnicas de Visão Computacional e Processamento de Imagens sejam amplamente utilizadas nestas áreas, os hardwares são, em sua maioria, complexos, de grande volume (e peso) e de difícil transporte. Diante da evolução da tecnologia dos dispositivos móveis como os smartphones e os tablets, tendo como vantagem e característica o fato de serem leves, pequenos, portáteis e eficientes, é imediata sua utilização como sistemas computacionais antes possíveis apenas com grandes equipamentos. Para algumas medidas oftalmológicas simples, por exemplo, é necessário hoje que o paciente vá até o consultório médico. Com um sistema portátil, de tecnologia embarcada, o próprio paciente poderia realizar as medidas e transmiti-la a seu médico. Na área de segurança pública, policiais precisam levar "suspeitos" sem documentos para a delegacia visando sua identificação, o que acarreta não somente em grandes custos para o Estado, como também na demora da atuação efetiva. Frente a essas adversidades e paradigmas propomos a aquisição e o tratamento computacional de imagens do olho humano com dispositivos móveis, uma vez que smartphones e tablets estão cada vez mais difundidos e com maior capacidade de processamento. Ressalta-se ainda que o desenvolvimento bem sucedido de nossa proposta permitirá a implementação futura de sistemas de segurança com alta portabilidade e fidelidade, diagnósticos médicos mais rápidos e a distância, bem como o barateamento em processos de controle de qualidade industriais.(AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)