Busca avançada
Ano de início
Entree

De apátridas a cidadãos brasileiros: histórias de vida dos judeus refugiados do nazifascismo no Brasil, 1933-1960

Processo: 11/20194-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maria Luiza Tucci Carneiro
Beneficiário:Laís Rigatto Cardilo
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/08355-7 - De apátridas a cidadãos brasileiros: histórias de vida dos judeus refugiados do nazi-fascismo no Brasil, 1933-1960, AP.R
Assunto(s):Holocausto judeu   Antissemitismo   Nazismo   Apátrida   Capacitação profissional

Resumo

O projeto tem como proposta reconstituir a trajetória dos judeus que, na condição de apátridas, buscaram refúgio no Brasil, fugindo do nazifascismo. Pretende inserir documentos diplomáticos e de imigração, assim como registrar testemunhos daqueles que optaram pelo Brasil como comunidade de acolhimento. Serão reproduzidos fragmentos dos processos de naturalização de forma oferecer informações sobre a sua mudança de condição jurídica ou seja: de apátrida a cidadão brasileiro, conforme documentos sob a guarda no Arquivo nacional do Rio de Janeiro. Estes documentos serão analisados, digitalizados e inseridos no site do Arqshoah, assim como matérias publicadas pela grande imprensa brasileira sobre o Holocausto e situação dos judeus na Europa como deslocados e em fuga. Ao bolsista caberão as atividades de seleção, identificação, digitalização e manutenção da Base de dados Areqshoah disponível no endereço www.arqshoah.com.br. O registro dos testemunhos é feito pela equipe de História Oral coordenado pela Profa. Dra. Rachel Mizrahi, grupo em que estará inserida a bolsista Laís Rigatto Cardilo, aqui indicada. (AU)