Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise em larga escala da expressão de microRNAs em células osteoblásticas crescidas sobre titânio com nanotopografia

Processo: 11/10387-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Márcio Mateus Beloti
Beneficiário:Tabata Trotti Rondini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotopografia   Implantodontia   Cultura de células   Titânio   Osteoblastos

Resumo

MicroRNAs (miRs) são pequenos RNAs funcionais, com aproximadamente 22 nucleotídeos, que não codificam proteínas e estão envolvidos em diversos processos biológicos, incluindo a diferenciação osteoblástica in vitro e a formação óssea in vivo, eventos diretamente relacionados ao processo de osseointegração de implantes de titânio (Ti). Sabe-se que superfícies de Ti com nanotopografia favorecem a mineralização da matriz extracelular; no entanto, os mecanismos celulares envolvidos não são completamente entendidos. Nesse sentido, é possível especular que miRs fazem parte da maquinaria celular que regula a interação entre osteoblastos e superfícies de Ti. O objetivo do presente projeto é analisar a expressão em larga escala de miRs em células osteoblásticas crescidas sobre superfícies de Ti com nanotopografia comparada à superfície de Ti sem nanotopografia (controle). Previamente à analise de miRs, há a necessidade de caracterização das células com relação à capacidade de proliferação e diferenciação osteoblástica. Neste contexto, à aluna de Iniciação Científica caberá avaliar a proliferação e viabilidade celular por contagem de células e a formação de matriz mineralizada, detectada por vermelho de Alizarina.