Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de mutações no gene do receptor do peptídeo natriurético do tipo c (NPR2) em indivíduos com baixa estatura idiopática

Processo: 11/11801-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Alexander Augusto de Lima Jorge
Beneficiário:Gabriela de Andrade Vasques
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Genética   Mutação   Estatura   Peptídeo natriurético tipo C   Crescimento e desenvolvimento

Resumo

O crescimento longitudinal de um indivíduo depende do processo de ossificação endocondral que ocorre na cartilagem de crescimento. Esse processo, que envolve a proliferação e diferenciação de condrócitos e a secreção de matriz extracelular, é regulado por diversos fatores locais e hormonais. Nos últimos anos, o sistema peptídeo natriurético do tipo C (CNP) e seu receptor (NPR-B) tem sido apontado como um importante regulador do processo de ossificação endocondral. Vários estudos em animais evidenciam o seu papel permissivo na proliferação e diferenciação de condrócitos e secreção de matriz extracelular. Mutações em homozigose do gene do NPR-B (NPR2) levam a uma doença autossômica recessiva denominada displasia acromesomélica do tipo Maroteaux, uma causa de baixa estatura extrema. Observa-se que indivíduos carreadores dessa mutação têm estatura abaixo da média da população a qual pertencem sugerindo um papel de mutações em heterozigose do NPR2 como causadoras de baixa estatura idiopática (BEI). O nosso estudo testará esta hipótese ao investigar este gene em um grande grupo de pacientes com este diagnóstico. Serão estudados 100 pacientes com diagnóstico de BEI. Este número de pacientes é o suficiente (poder estatístico de 90%) para identificar mutações no NPR2 se as mesmas ocorrerem com uma freqüência igual ou superior a 1,5% na população com BEI. Será extraído DNA de leucócitos periféricos, os 22 exons do NPR2 serão amplificados por PCR utilizando primers intrônicos e o produto de amplificação será diretamente sequenciado. As alterações identificadas serão correlacionadas com o fenótipo na família e avaliadas em controles normais de altura. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VASQUES, GABRIELA A.; ARNHOLD, IVO J. P.; JORGE, ALEXANDER A. L. Role of the Natriuretic Peptide System in Normal Growth and Growth Disorders. Hormone Research in Paediatrics, v. 82, n. 4, p. 222-229, 2014. Citações Web of Science: 23.
VASQUES, GABRIELA A.; AMANO, NAOKO; DOCKO, ANA J.; FUNARI, MARIANA F. A.; QUEDAS, ELISANGELA P. S.; NISHI, MIRIAN Y.; ARNHOLD, IVO J. P.; HASEGAWA, TOMONOBU; JORGE, ALEXANDER A. L. Heterozygous Mutations in Natriuretic Peptide Receptor-B (NPR2) Gene as a Cause of Short Stature in Patients Initially Classified as Idiopathic Short Stature. JOURNAL OF CLINICAL ENDOCRINOLOGY & METABOLISM, v. 98, n. 10, p. E1636-E1644, OCT 2013. Citações Web of Science: 46.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VASQUES, Gabriela de Andrade. Mutações em heterozigose no gene do receptor tipo B dos peptídeos natriuréticos (NPR2) são causa de baixa estatura inicialmente classificada como idiopática. 2015. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.