Busca avançada
Ano de início
Entree

Nutrição materna e programação fetal do câncer: influência da deficiência ou suplementação com selênio durante o período gestacional de ratas na suscetibilidade da progênie feminina à carcinogênese mamária

Processo: 11/16368-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Thomas Prates Ong
Beneficiário:Mariana Papaléo Rosim
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/18500-2 - Análise de parâmetros morfológicos e epigenéticos na glândula mamária da progênie feminina de ratas expostas à ração deficiente ou suplementada em selênio durante a gestação, BE.EP.DD
Assunto(s):Nutrigenômica   Nutrição da mãe   Desenvolvimento fetal   Gravidez   Neoplasias   Selênio   Neoplasias mamárias   Modelos animais

Resumo

O câncer de mama é um importante problema de saúde pública, representando uma das principais causas de morte em mulheres. Fatores dietéticos vêm sendo apontados como importantes moduladores do risco de desenvolvimento dessa neoplasia. Dentre eles, o micronutriente essencial selênio apresenta papel promissor na redução do risco de câncer de mama, com base em estudos epidemiológicos e em modelos utilizando animais. O câncer de mama pode apresentar sua origem no inicio do desenvolvimento e, assim, a alimentação materna poderia ter importantes repercussões na programação fetal da doença. A desregulação de processos epigenéticos nas fases iniciais da vida por fatores dietéticos causariam alterações permanentes nos padrões de expressão de genes envolvidos no controle de proliferação, sobrevivência e diferenciação celular, o que poderia aumentar o risco de desenvolvimento câncer de mama na idade adulta. Descreve-se que o selênio é capaz de modular processos epigenéticos como metilação do DNA e modificações pós-tradução em histonas em fases mais tardias do desenvolvimento tumoral. Nesse contexto, esse projeto tem por objetivo verificar se a deficiência ou suplementação com selênio durante o período gestacional de ratas tem impacto no desenvolvimento do câncer de mama na progênie feminina, bem como possíveis mecanismos celulares, moleculares e epigenéticos envolvidos. (AU)