Busca avançada
Ano de início
Entree

Alexandre Dumas: do folhetim ao folheto de cordel: tradução cultural e comunicação editorial

Processo: 11/51577-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Jornalismo e Editoração
Pesquisador responsável:Jerusa de Carvalho Pires Ferreira
Beneficiário:Rosangela Maria Oliveira Guimaraes
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Comunicação de massa   Leitura   Folhetos de cordel   Livros   Romance

Resumo

Este projeto acompanhará o movimento de tradução cultural e de permanência da obra em livro de Alexandre Dumas no Brasil, num processo que se estende durante todo o século XX, passando por circuitos e resultados editoriais, que vão da edição popular/popularizante, ao cordel, à de luxo (nos últimos anos) e à didática, sendo que o último formato editorial aponta para indícios de que os principais romances do autor são adotados em escolas públicas paulistas, em atividades de leitura nas aulas de Língua Portuguesa. A fundamentação teórica prevê contribuições de estudos das áreas de comunicação, literatura, educação, edição, leitura e história cultural. Destacam-se a obra "Alexandre Dumas: Thomme de 100 têtes" (2008) de Charles Grivel; textos de Jean-Ives Mollier, Jacques Migozzi, entre outros, constantes na coletânea "De l'écrit à l'écran" (2000), abordando temas como literatura popular, história cultural e narrativas transmidiáticas; trabalhos de Jerusa Pires Ferreira sobre editoras, edições populares, leitura, processos adaptativos, a exemplo de "Cultura das Bordas" (2010), "O Livro de São Cipriano" (2002) e "Cavalaria em Cordel" (1993); "Folhetim" (1996) de Marlyse Meyer e outros textos da autora. Dessa forma, o conjunto de edições da obra desse autor, com grande repercussão entre nós, merece ser explorado para dar conta, entre outros aspectos, da abrangência da leitura de sua obra aqui e da construção parcial de um capítulo da história da edição de ampla circulação no país, trabalho ainda por ser feito. (AU)