Busca avançada
Ano de início
Entree

O discurso jornalístico e a (des)construção de identidades docentes

Processo: 11/18503-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Filomena Elaine Paiva Assolini
Beneficiário:Karina de Souza Elias
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Análise do discurso   Identidade profissional   Sujeito   Professores

Resumo

O presente projeto tem como objetivo investigar como o professor é discursivisado, na atualidade, pela mídia impressa no estado de São Paulo e as consequências dessa discursivisação para a (des)construção de sua identidade. Para tanto, embasanos-emos teoricamente sobre os pressupostos da Análise de Discurso de matriz francesa (A.D.), referencial teórico-metodológico que nos possibilita evidenciar as noções sobre sujeito, discurso, produção de sentido e constituição de identidade(s), na medida em que compreende a linguagem a partir de sua constituição pela ideologia e pelo contexto histórico-social e cultural. Ao pensarmos em identidade docente, utilizaremos-nos dos estudos de Stuart Hall (2006), que propõe "em vez de falar da identidade como uma coisa acabada, deveríamos falar de identificação, e vê-la como um processo em andamento". Enfatizando o discurso jornalístico, pretendemos mostrar como este pode afetar a identidade docente uma vez que a mesma está em constante processo de constituição. O processo metodológico constituir-se-á pelo corpus composto por depoimentos já coletados de professores de cidades do interior de São Paulo - Brasil, referentes às suas impressões e compreensões ao saberem como são discursivisados pela mídia impressa. Também fará parte do corpus desta pesquisa recortes decorrentes de notícias de jornais da localidade de Ribeirão Preto e de dois diferentes jornais de grande circulação nacional, dos anos de 2009, 2010 e 2011. Vale ressaltar que a A.D. busca desvendar, nos acontecimentos linguístico discursivos, a determinação histórica dos processos de significação, tendo em vista o funcionamento e as condições de produção da linguagem. (AU)